domingo, 4 de março de 2018

Atresia duodenal

Atresia duodenal é uma condição na qual a primeira parte do intestino delgado (duodeno) não se desenvolve adequadamente. Esta parte não se encontra aberta e não pode permitir a passagem do conteúdo do estômago.


Causas de atresia duodenal

A causa da atresia duodenal é desconhecida, mas acredita-se que resulta de problemas durante o desenvolvimento de um embrião, em que o duodeno não muda para um sólido com uma estrutura tubular, como normalmente.
Muitas crianças com atresia duodenal também têm síndrome de Down. A atresia duodenal é muitas vezes associada a outros defeitos congênitos.

Sintomas de atresia duodenal

Os sintomas de atresia duodenal incluem:
  • Inchaço abdominal (às vezes)
  • Vômitos precoces de grandes quantidades, que podem ser esverdeados (contendo bílis)
  • Vômitos que continuam mesmo quando a criança não foi alimentada por várias horas
  • Não urinar após as primeiras micções
  • Não evacuar após as primeiras fezes de mecônio


Tratamento de atresia duodenal

Um tubo é colocado para descomprimir o estômago. A desidratação e desequilíbrio eletrolítico são corrigidos, fornecendo fluidos através de um tubo intravenoso. Tembém se deverá fazer uma verificação de outras anomalias congênitas.
Uma cirurgia para corrigir o bloqueio duodenal torna-se necessária, mas não é uma situação de emergência. A cirurgia exata irá depender da natureza da anomalia. Outros problemas (como os relacionados com a síndrome de Down) devem ser tratados conforme o caso.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL