segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Síndrome de Dubin-Johnson

Síndrome de Dubin-Johnson é uma doença transmitida através das famílias (herdada), em que uma pessoa tem icterícia leve ao longo da vida.

Causas de síndrome de Dubin-Johnson

Síndrome de Dubin-Johnson é uma doença genética rara. A fim de herdar a doença, a criança deve ter uma cópia do gene defeituoso de ambos os pais.
A síndrome interfere com a capacidade do corpo para mover uma substância química chamada bilirrubina a partir do fígado. A bilirrubina é produzida quando o fígado decompõe os desgastados glóbulos vermelhos e normalmente move-se através da bílis produzida pelo fígado e nos ductos biliares, passada pela vesícula biliar, para dentro do sistema digestivo.
Quando a bilirrubina não é adequadamente processada, esta acumula-se na corrente sanguínea e faz com que a pele e o branco dos olhos possam ficar com uma cor amarelada (icterícia). Níveis severamente elevados de bilirrubina podem danificar o cérebro e outros órgãos.
Pessoas com síndrome de Dubin-Johnson têm icterícia leve ao longo da vida que pode ser agravada por:
  • Álcool
  • Pílulas anticoncepcionais
  • Os fatores ambientais que afetam o fígado
  • Infecção
  • Gravidez


Sintomas de síndrome de Dubin-Johnson

A icterícia, que pode não aparecer até À puberdade ou idade adulta, é geralmente o único sintoma da síndrome de Dubin-Johnson.


Tratamento de síndrome de Dubin-Johnson

Nenhum tratamento específico se torna necessário para esta síndrome.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL