domingo, 12 de novembro de 2017

Pernas arqueadas

Pernas arqueadas é uma condição na qual os joelhos ficam afastados quando uma pessoa está com os pés e tornozelos juntos. Esta condição é considerada normal em crianças com menos de 18 meses.

Causas de pernas arqueadas

As crianças nascem com pernas arqueadas por causa da sua posição dobrada no útero da mãe. Pernas arqueadas começam a endireitar uma vez que a criança começa a andar e as pernas começam a suportar o peso (cerca de 12 a 18 meses de idade).
Por volta dos 3 anos de idade, na maioria das vezes, a criança pode ter os tornozelos encostados e os joelhos a tocarem-se. Se as pernas arqueadas ainda estiverem presentes, diz-se que a criança tem pernas arqueadas.
Pernas arqueadas pode ter como causa certas doenças, tais como:
  • Desenvolvimento anormal do osso
  • Doença de Blount
  • Fraturas que não se curam corretamente
  • Envenenamento por chumbo ou por flúor
  • Raquitismo, que é causado por uma falta de vitamina D

Sintomas de pernas arqueadas

Os sintomas podem incluir:
  • Joelhos que não se tocam quando a pessoa permanece em pé com os pés juntos (tornozelos a tocarem-se)
  • A curvatura das pernas é a mesmo em ambos os lados do corpo (simétrica)
  • Pernas arqueadas continuam para além dos 3 anos de idade


Tratamento de pernas arqueadas

Nenhum tratamento é recomendado para pernas arqueadas, a não ser que a condição seja extrema. A criança deve ser vista por um médico pelo menos a cada 6 meses.
Sapatos especiais, cintas, ou moldes podem ser usados se a condição for grave ou se a criança também tiver uma outra doença.
Por vezes, uma cirurgia pode ser feita para corrigir a deformidade num adolescente com pernas arqueadas graves.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL