quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Amiloidose cardíaca

Amiloidose cardíaca é uma doença causada por depósitos de uma proteína anormal (amilóide) no tecido do coração. Estes depósitos dificultam o trabalho correto do coração.


Causas de amiloidose cardíaca

A amiloidose é um grupo de doenças em que aglomerados de proteínas chamadas amilóides se acumulam nos tecidos do corpo. Ao longo do tempo, estas proteínas podem substituir tecido normal, levando a uma insuficiência do órgão envolvido. Existem muitas formas de amiloidose.

Amiloidose cardíaca ("síndrome do coração duro") ocorre quando os depósitos de amilóide tomam o lugar do músculo cardíaco normal, sendo o tipo mais comum de cardiomiopatia restritiva. A amiloidose cardíaca pode afetar a forma como os sinais elétricos se movem através do coração (sistema de condução). Isto pode levar a batimentos cardíacos anormais (arritmias) e sinais cardíacos defeituosos (bloqueio cardíaco).
A condição pode ser hereditária. Isto é chamado de amiloidose cardíaca familiar, mas também pode desenvolver-se como resultado de uma outra doença, tal como um tipo de câncer dos ossos e sangue, ou como resultado de outro problema médico que cause inflamação. Amiloidose cardíaca é mais comum em homens do que em mulheres, mas a doença é rara em pessoas com menos de 40 anos.

Sintomas de amiloidose cardíaca

Algumas pessoas podem não ter sintomas. Quando presentes, os sintomas podem incluir:
  • Micção excessiva durante a noite
  • Fadiga, capacidade de exercício reduzida
  • Palpitações (sensação de sentir batimento cardíaco)
  • Falta de ar com a atividade
  • Inchaço do abdômen, pernas, tornozelos ou de outra parte do corpo
  • Dificuldade para respirar enquanto se está deitado

Tratamento de amiloidose cardíaca

O seu médico pode dizer-lhe para promover alterações na sua dieta, incluindo a limitação de sal e líquidos.
Você pode precisar de tomar pílulas de água (diuréticos) para ajudar o seu corpo a livrar-se do excesso de líquido. O médico também pode dizer-lhe para pesar-se todos os dias. Um ganho de peso de 1,5 kg ou mais ao longo de 1 a 2 dias pode significar que existe um excesso de fluidos no corpo.
Medicamentos incluindo digoxina, bloqueadores dos canais de cálcio e beta-bloqueadores podem ser utilizados em pessoas com fibrilação atrial. No entanto, as drogas devem ser utilizadas com cautela, e a dosagem deve ser cuidadosamente monitorizada. Pessoas com amiloidose cardíaca podem ser mais sensíveis aos efeitos colaterais destas drogas.

Outros tratamentos podem incluir:
  • Quimioterapia
  • Cardioversor-desfibrilador implantável
  • Pacemaker, se houver problemas com sinais cardíacos
  • Prednisona, um medicamento anti-inflamatório
Um transplante de coração pode ser considerado para pessoas com alguns tipos de amiloidose que têm uma função cardíaca muito pobre. Pessoas com amiloidose hereditária podem precisar de um transplante de fígado.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL