quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Bacteriúria assintomática

Bacteriúria assintomática corresponde à ocorrência de bactérias na urina que não causam sintomas.
A condição pode não precisar de tratamento. Isto torna esta condição diferente de uma infecção urinária que é causada por bactérias.


Causas de bacteriúria assintomática

A bacteriúria assintomática ocorre num pequeno número de pessoas saudáveis, afetando mais as mulheres do que os homens. As razões para a falta de sintomas não são bem compreendidas.
A maioria das pessoas que têm esta condição não necessitam de tratamento, porque as bactérias não estão a causar nenhum dano. As pessoas que têm cateteres urinários, muitas vezes, têm bacteriúria, mas a maioria não tem sintomas.
Certas pessoas estão em maior risco de infecções nos rins se desenvolverem este problema. Algumas condições podem aumentar o seu risco. Estas podem incluir:
  • Diabetes
  • Pedras nos rins infetadas
  • Transplante de rim
  • Idade avançada
  • Gravidez, já que até 40% das mulheres grávidas com bacteriúria assintomática não tratada irá desenvolver uma infecção renal
  • Refluxo vesico-ureteral (retrocesso de urina da bexiga para os ureteres ou rins) em crianças pequenas


Tratamento de bacteriúria assintomática

Algumas pessoas são mais propensas a receber antibióticos. Estas incluem mulheres grávidas, pessoas que receberam um transplante de rim, as crianças com refluxo vesico-ureteral e aquelas que têm pedras nos rins infetadas.
Administrar antibióticos a pessoas que têm cateteres urinários a longo prazo pode causar problemas adicionais. As bactérias podem ser mais difíceis de tratar e uma infecção por fungos pode desenvolver-se.
Esta condição deve ser tratada se for descoberta antes de um procedimento do trato urinário. Isto pode ajudar a prevenir complicações. O tipo de tratamento vai depender dos fatores de risco da pessoa.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL