segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Aspergilose

A aspergilose é uma infecção ou resposta alérgica devida ao fungo Aspergillus.

Causas de aspergilose

A aspergilose é causada por um fungo denominado Aspergillus. O fungo é frequentemente encontrado a crescer em folhas mortas, grãos armazenados, pilhas de compostagem ou noutra vegetação em decomposição. Ele também pode ser encontrado em folhas de marijuana.
Embora a maioria das pessoas sejam frequentemente expostas a Aspergillus, as infecções causadas pelo fungo raramente ocorrem em pessoas que têm um sistema imunológico saudável.

Existem várias formas de aspergilose. Estas incluem:
  • Aspergilose pulmonar alérgica, que é uma reação alérgica ao fungo. Geralmente, esta infecção desenvolve-se em pessoas que já têm problemas pulmonares, como asma ou fibrose cística. Aspergiloma é um crescimento (bola fúngica) que se desenvolve numa área de doença pulmonar ou de fibrose pulmonar passada, como tuberculose ou abscesso pulmonar.
  • Aspergilose pulmonar invasiva, que é uma infecção grave com pneumonia. Esta pode espalhar-se para outras partes do corpo. Esta infecção ocorre mais frequentemente em pessoas com um sistema imunitário enfraquecido. Isto pode ocorrer devido a câncer, SIDA, leucemia, um transplante de órgão, quimioterapia, ou outras condições ou drogas que reduzem o número ou função de células brancas do sangue ou que enfraquecem o sistema imunitário.


Sintomas de aspergilose

Os sintomas dependem do tipo de infecção.
Os sintomas da aspergilose pulmonar alérgica podem incluir:
  • Tosse
  • Tosse com sangue ou tampões de muco acastanhados
  • Febre
  • Mal-estar geral
  • Pieira
  • Perda de peso
Outros sintomas dependem da parte do corpo afetada, e podem incluir:
  • Dor óssea
  • Dor no peito
  • Calafrios
  • Diminuição da produção de urina
  • Dores de cabeça
  • Produção aumentada de catarro, que pode ser sanguinolento
  • Falta de ar
  • Feridas na pele (lesões)
  • Problemas de visão

Tratamento de aspergilose

Geralmente, uma bola de fungo não é tratada com medicamentos antifúngicos, a menos que haja sangramento no tecido pulmonar. Nesse caso são necessários medicamentos e cirurgia.
A aspergilose invasiva é tratada com várias semanas de um medicamento antifúngico que pode ser administrado por via oral ou por via intravenosa (numa veia). Endocardite provocada por Aspergillus é tratada através da remoção cirúrgica das válvulas cardíacas infetadas, mas também se tornam necessários medicamentos antifúngicos a longo prazo.
Aspergilose alérgica é tratada com drogas que suprimem o sistema imunitário (imunossupressores), tais como prednisona.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL