quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Apraxia

Apraxia é uma desordem do cérebro e do sistema nervoso em que uma pessoa é incapaz de realizar tarefas ou movimentos quando é solicitada, apesar de:
  • O pedido ou comando serem entendidos
  • Estar disposta a executar a tarefa
  • Os músculos necessários para realizar o trabalho ou tarefa estarem em boas condições
  • A tarefa já ter sido aprendida

Causas de apraxia

Apraxia é causada por danos no cérebro. Quando apraxia se desenvolve numa pessoa que anteriormente era capaz de realizar as tarefas ou habilidades, ela é chamada de apraxia adquirida.
As causas mais comuns de apraxia adquirida são:
  • Tumor cerebral
  • Condição que motiva degradação gradual do cérebro e do sistema nervoso (doença neurodegenerativa)
  • Demência
  • Acidente vascular encefálico
  • Traumatismo crâniano
Apraxia também pode ser vista no nascimento. Os sintomas aparecem quando a criança cresce e se desenvolve. A causa é desconhecida.
Apraxia de fala apresenta-se muitas vezes juntamente com outro distúrbio da fala conhecido como afasia. Dependendo da causa de apraxia, uma série de outros problemas cerebrais ou do sistema nervoso podem estar presentes.

Sintomas de apraxia

Uma pessoa com apraxia é incapaz de usar os movimentos musculares corretos. Por vezes, uma palavra ou ação completamente diferente é usada quando s pessoa pretende falar ou fazer algo. A pessoa está muitas vezes consciente do erro.
Os sintomas de apraxia de expressão incluem:
  • Sons, palavras ou linguagem distorcida, sons repetidos ou deixados de fora da fala ou das palavras. A pessoa tem dificuldade em colocar palavras juntas na ordem correta.
  • Esforço para pronunciar a palavra certa.
  • Mais dificuldade em usar palavras mais longas, de modo permanente ou apenas algumas vezes.
  • Uso de frases curtas ou provérbios (tais como "como você está?")
  • Melhor capacidade de escrita do que capacidade de linguagem

Tratamento de apraxia

Pessoas com apraxia podem beneficiar de um tratamento por uma equipe de saúde. A equipe também deve incluir membros da família.
Terapeutas ocupacionais e da fala podem ajudar os pacientes e os seus cuidadores a aprender formas de lidar com a apraxia. Como os pacientes com apraxia têm dificuldade para seguir instruções, os terapeutas que têm experiência no tratamento desta doença podem motivar melhores resultados.
O tratamento fonoaudiológico pode incluir:
  • Repetição constante de sons para ensinar os movimentos da boca
  • Abrandar o discurso da pessoa
  • Ensinar técnicas diferentes para ajudar com a comunicação
Reconhecimento e tratamento da depressão é importante para as pessoas com distúrbios de fala e linguagem graves.

Outras dicas que você pode tentar incluem:
  • Manter um ambiente relaxado e calmo.
  • Tirar um tempo para mostrar a alguém com apraxia como fazer uma tarefa, e dar tempo suficiente para ela a fazer. Não lhe peça para repetir a tarefa se ela estiver claramente a lutar com ela própria, já que isso vai aumentar a frustração.
  • Sugerir formas alternativas de fazer as mesmas coisas. Por exemplo, tente uma camisa com ganchos (em vez de botões) e use um laço em vez de atacadores de sapatos.
Quando a apraxia de fala estiver presente, tente:
  • Evitar dar instruções complexas.
  • Usar frases simples para evitar mal-entendidos.
  • Falar num tom de voz normal. A apraxia de fala não é um problema de audição.
  • Não presumir que a pessoa compreende.
  • Fornecer auxiliares de comunicação, se possível, dependendo da pessoa e condição.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL