quinta-feira, 12 de outubro de 2017

Angioedema

Angioedema é um inchaço que é semelhante a urticária, mas o inchaço ocorre sob a pele, em vez de ocorrer na superfície.
Urticária é frequentemente chamada de equimose, e corresponde a um inchaço superfícial. É possível ter angioedema sem urticária.

Sintomas de angioedema

O sintoma principal associado à condição é um inchaço súbito abaixo da superfície da pele. Vergões ou inchaço na superfície da pele também se podem desenvolver.
Geralmente, o inchaço ocorre ao redor dos olhos e lábios, mas também pode ser encontrado nas mãos, pés e garganta. O inchaço pode formar uma linha ou ser mais espalhado.
As equimoses são dolorosas e podem motivar coceira. Isto é conhecido como urticária. Estas tornam-se pálidas e incham se forem irritadas. O inchaço mais profundo de angioedema também pode tornar-se doloroso.
Outros sintomas podem incluir:
  • Cólicas abdominais
  • Dificuldade respiratória
  • Olhos e boca inchados
  • Revestimento dos olhos inchado (quemose)

Tratamento de angioedema

Os sintomas leves não precisam de tratamento. Sintomas moderados a graves podem necessitar de ser tratados. Dificuldade respiratória é uma condição de emergência.
As pessoas com angioedema devem:
  • Evitar qualquer alérgeno ou gatilho conhecido como causador dos seus sintomas.
  • Evitar quaisquer medicamentos, ervas ou suplementos que não sejam prescritos por um médico.
  • Usar compressas frias ou embebidas, o que pode aliviar a dor.
Medicamentos utilizados para tratar angioedema incluem:
  • Os anti-histamínicos
  • Medicamentos anti-inflamatórios (corticosteróides)
  • Injecções de adrenalina (pessoas com uma história de sintomas graves)
  • Medicamentos inaladores que ajudam a abrir as vias aéreas
Se uma pessoa tiver dificuldade para respirar, procure ajuda médica imediatamente. Uma obstrução grave das vias aéreas com risco de vida pode ocorrer se a garganta inchar.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL