domingo, 3 de setembro de 2017

Tumor da hipófise

Um tumor da hipófise também chamado de adenoma pituitário é um crescimento anormal na glândula pituitária. A hipófise é uma pequena glândula na base do cérebro que regula o equilíbrio de muitos hormônios do corpo.

Causas de tumor da hipófise

A maior parte dos tumores da hipófise não são cancerosos (benignos). Até 20% das pessoas têm tumores da hipófise. Muitos destes tumores não causam sintomas e nunca são diagnosticados durante a vida da pessoa.
A glândula pituitária é uma glândula endócrina do tamanho de ervilhas, localizada na base do cérebro. A hipófise ajuda a controlar a liberação de hormônios de outras glândulas endócrinas, como a tireoide, glândulas sexuais (testículos ou ovários), e glândulas supra-renais. A hipófise também libera hormônios que afetam diretamente os tecidos do corpo, como ossos e as glândulas do leite materno. Os hormônios hipofisários incluem:
  • Hormônio adrenocorticotrófico 
  • Hormônio do crescimento
  • Prolactina
  • Hormônio estimulador da tireoide
  • Hormona luteinizante e hormônio folículo-estimulante
Quando o tumor da hipófise cresce, as células normais de libertação da hormona da pituitária podem ser danificadas, o que resulta numa glândula pituitária que não produz suficientes hormonas. Esta condição é chamada hipopituitarismo.
As causas de tumores da hipófise são desconhecidas. Alguns tumores são parte de um distúrbio hereditário chamado neoplasia endócrina múltipla I.
A glândula pituitária pode ser afetada por tumores cerebrais que se desenvolvem na mesma parte do cérebro, o que resulta em sintomas semelhantes.

Sintomas de tumor da hipófise

Alguns tumores da hipófise produzem demasiada quantidade de uma ou mais hormonas. Como resultado, os sintomas de uma ou mais das seguintes condições podem ocorrer:
  • Hipertireoidismo (uma condição extremamente rara de tumores da hipófise)
  • Síndrome de Cushing (o corpo tem um nível mais elevado do hormônio cortisol)
  • Gigantismo (crescimento anormal devido a um maior nível do hormônio de crescimento durante a infância) ou acromegalia um nível superior ao normal do hormônio de crescimento em adultos)
  • Secreção mamilar e períodos menstruais irregulares ou ausentes em mulheres
  • Diminuição da função sexual em homens
Os sintomas causados por pressão, a partir de um adenoma pituitário maior podem incluir:
  • Alterações na visão, tais como visão dupla, perda de campo visual, pálpebras caídas ou alterações na visão associadas a cores
  • Dor de cabeça
  • Falta de energia
  • Drenagem nasal de líquido claro
  • Náusea e vômito
  • Problemas com o sentido do olfato
Em casos raros, estes sintomas ocorrem de repente e podem ser graves (apoplexia pituitária).


Tratamento de tumor da hipófise

Uma cirurgia para remover o tumor torna-se muitas vezes necessária, especialmente se o tumor estiver a pressionar sobre os nervos ópticos (nervos que controlam a visão).
Na maior parte dos casos, os tumores da hipófise podem ser removidos cirurgicamente através do nariz e seios nasais. Se o tumor não poder ser removido desta forma, ele será removido através do crânio.
A radioterapia pode ser usada para encolher o tumor em pessoas que não podem ser sujeitas a cirurgia. Mas a radioterapia também pode ser usada se o tumor retornar após uma cirurgia.
Nalguns casos, alguns medicamentos podem ser prescritos para reduzir certos tipos de tumores.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL