segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Testes de função pulmonar

Testes de função pulmonar são um grupo de testes que medem a respiração e quão bem os pulmões estão a funcionar.

Espirometria para medir o fluxo de ar

Ao medir a quantidade de ar que você expira, e quão rapidamente você expira, a espirometria pode avaliar uma ampla gama de doenças pulmonares. Num teste de espirometria, enquanto você se encontra sentado, você respira para um bocal que está ligado a um instrumento chamado espirômetro. O espirômetro regista a quantidade e a taxa de ar que você respira para dentro e para fora, ao longo de um período de tempo. Quando em pé, algumas medidas podem ser ligeiramente diferentes. Para algumas das medições do teste, você pode respirar normalmente e silenciosamente. Outros testes requerem inalação ou expiração forçada depois de uma respiração profunda. Por vezes, você será solicitado a inalar um gás diferente ou um medicamento para verificar como é que resultados do teste são alterados.
A medição do volume pulmonar pode ser feita de duas maneiras:
  • A forma mais rigorosa é chamada pletismografia de corpo. Você senta-se numa caixa hermética que se parece com uma cabine de telefone. O técnico pede-lhe para respirar dentro e fora de um bocal. As alterações na pressão dentro da caixa ajudam a determinar o volume pulmonar. 
  • O volume pulmonar também pode ser medido quando você respira azoto ou gás de hélio através de um tubo, por um determinado período de tempo. A concentração do gás numa câmara ligada ao tubo é medida para estimar o volume do pulmão.
Para medir a capacidade de difusão, você respira um gás inofensivo, chamado de gás marcador, por um tempo muito curto, muitas vezes por apenas um suspiro, e a concentração de gás no ar que você respira para fora é medido. A diferença na quantidade de medidas de gás inspirado e expirado, mostra como é que efetivamente o gás viaja dos pulmões para o sangue. Este teste permite ao médico estimar quão bem os pulmões movem o oxigênio do ar para a corrente sanguínea.

Como preparar os testes de função pulmonar

Algumas medidas tornam-se necessárias para promover os testes de função pulmonar. Estas incluem não comer uma refeição pesada antes do teste e não fumar durante 4 a 6 horas antes do exame. Você receberá instruções específicas se precisar de parar de usar broncodilatadores ou outros medicamentos inalados

Como se fazem os testes de função pulmonar

Como o teste envolve alguma respiração forçada e respiração rápida, você pode ter alguma dificuldade temporária para respirar ou poderá sentir vertigens. Você respirará através de um bocal apertado e terá clipes no nariz. Se você for claustrofóbico, a parte do teste em que ^terá de se manter na cabine, pode tornar-se desconfortável.
Siga as instruções para a utilização do bocal do espirômetro. Uma má selagem ao redor do bocal pode causar resultados que não são precisos.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL