quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Síndrome de Sheehan

Síndrome de Sheehan é uma condição que pode ocorrer numa mulher que sangra gravemente durante o parto. A Síndrome de Sheehan é um tipo de hipopituitarismo.
Estas condição também pode ser conhecida como hipopituitarismo pós-parto, insuficiência pituitária pós-parto e síndrome de hipopituitarismo

Causas de síndrome de Sheehan

Hemorragia grave durante o parto pode causar a morte de tecido na glândula pituitária. Como resultado desta situação, esta glândula deixa de funcionar corretamente.
A glândula pituitária situa-se na base do cérebro e produz hormônios que estimulam o crescimento, a produção de leite materno, as funções reprodutivas, a tireoide e glândulas supra-renais. A falta destas hormonas pode levar a uma variedade de sintomas.
Condições que aumentam o risco de hemorragia durante o parto e síndrome de Sheehan incluem vários problemas associados à gravidez (gêmeos ou trigêmeos) e com a placenta. A placenta é o órgão que se desenvolve durante a gravidez, para alimentar o feto.
A síndrome de Sheehan é muito rara.

Sintomas de síndrome de Sheehan

Os sintomas da síndrome de Sheehan podem incluir:
  • Incapacidade de amamentar (não existe leite materno)
  • Fadiga
  • A falta de sangramento menstrual
  • Perda de pêlos pubianos e axilares
  • Pressão sanguínea baixa

Tratamento de síndrome de Sheehan

O tratamento desta condição envolve terapia de reposição de estrogênio e hormônio progesterona. Estas hormonas deve ser usadas pelo menos até à idade normal da menopausa. Hormônios da tireoide e adrenais também devem ser tomados. Estes serão necessários para o resto da sua vida.

Um comentário:
Erica Carla Frezarini disse...

Gostaria muito de saber mais sobre sofro muito com essa doença estou muito cansada de fazer tratamento e não ter qualidade de vida

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL