segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Rigidez articular

Embora as articulações rígidas sejam um sintoma clássico da artrite reumatoide, você também pode obter esta condição por outros motivos.
Se você tiver artrite reumatoide, rigidez articular e outros sintomas, como dor ou fadiga, a rigidez articular tende a desenvolver-se e piorar ao longo de várias semanas ou meses. Geralmente, a rigidzs articular é mais visível na parte da manhã. Muitas vezes, a condição fica facilitada depois de uma ou duas horas, mas pode durar todo o dia e você pode senti-la nas seguintes áreas:
  • Dedos e mãos
  • Pulsos
  • Cotovelos
  • Joelhos
  • Tornozelos
  • Pés
  • Ombros
  • Ancas
  • Mandíbula

Tratamento de rigidez muscular

Se você tiver artrite reumatoide, o tratamento precoce pode limitar bastante o dano articular. Provavelmente, o seu plano de tratamento irá incluir:
  • Medicamentos. Existem diferentes tipos de mediamentos que podem tratar a artrite reumatoide. Você pode precisar de tomar mais de um. Alguns fazem com que se possa parar o agravamento da doença. Outros podem aliviar os sintomas de rigidez articular e dor.
  • Fisioterapia e exercícios. Estes irão ajudá-lo a mover-se melhor e a ter menos dor. Você também pode usar calor úmido (como um banho quente) para soltar as articulações rígidas, mas também pode usar compressas de gelo (ou até mesmo um saco de ervilhas congeladas) para conter articulações inflamadas. As técnicas de relaxamento também podem aliviar a tensão muscular. Um terapeuta ocupacional pode mostrar-lhe como fazer atividades diárias. Também se torna importante atingir e manter um peso saudável, para que você não coloque pressão extra nas suas articulações. Se você não tiver a certeza de qual deve ser a sua meta de peso, pergunte ao seu médico.
  • Mantenha-se no ritmo. Alterne entre períodos de repouso e atividade. Pelo menos uma vez por dia, mova suavemente as suas articulações através da sua amplitude de movimento. Se necessário, use dispositivos de assistência para tornar as suas tarefas diárias mais fáceis.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL