quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Metatarsalgia

Muitas vezes, pensa-se que metatarsalgia seja uma condição ou uma lesão, mas na verdade é um grupo de sintomas. Geralmente, estes sintomas incluem dor na sola ou na bola do pé e por vezes a dor é acoplada com hematomas e inflamação (inchaço).
Na maioria das vezes aparece dentro da cabeça dos metatarsos, onde os segundo, terceiro, e quarto dedos se ligam à bola do pé.
Porém, por vezes, a condição aparece isolada e somente afeta o primeiro metatarso (dedo grande do pé). Metatarsalgia tem o potencial de afetar os ossos, músculos, ligamentos e ossos metatarsos, podendo causar imobilidade.
Metatarsalgia também é conhecida como "dor na bola-de-pé", e as pessoas com idades entre os 30 e os 80 anos são as mais afetadas. Sem tratamento, a articulação do pé pode tornar-se menos flexível e mais dura.

Sintomas de metatarsalgia

Metatarsalgia é um sintoma em si, sendo importante que você entenda o que deve procurar:
  • Dor localizada na bola do pé
  • Dor localizada na parte inferior do pé
  • Dores agudas nos dedos dos pés
  • Dor que aumenta quando os dedos são flexionados
  • Formigueiro ou dormência nos dedos dos pés
  • Dor ardente
  • Inchaço
  • Dor
  • Dor que aumenta quando anda descalço
  • Dor que aumenta ao caminhar sobre superfícies duras
  • Dor que aumenta quando se permanece em pé ou a andar, e que diminui quando a pessoa permanece imóvel
  • Lesões cutâneas que podem ser visíveis
A dor associada a metatarsalgia pode ser aguda, recorrente ou crônica. Algumas pessoas descrevem-na como caminhar sobre pedras pequenas, ou como tendo pedras nos seus sapatos.
Os sintomas associados a metatarsalgia tendem a progredir lentamente, mas podem haver explosões repentinas de sintomas.

Causas de metatarsalgia

A principal causa de metatarsalgia é simples, o pé não funciona normalmente. Quando o pé deixa de funcionar como de costume, aumenta a pressão sobre a bola do pé, e o resultado é a metatarsalgia. Podólogos listam os seguintes fatores como origem da disfunção do pé:
  • Obesidade
  • Calçado impróprio
  • Joanetes
  • Artrite
  • As fraturas por estresse do metatarso
  • A forma irregular pé
  • Pé em garra
  • Dedos em garra
Por vezes torna-se importante saber que a condição pode não ter uma causa aparente, o que pode levar à frustração do paciente e do médico.
Quase ninguém é suscetível a metatarsalgia, mas você estará em maior risco se:
  • Participar de esportes ou atividades de alto impacto
  • Usar sapatos que não se encaixam corretamente
  • Usar sapatos de salto alto
  • For obeso
  • Tiver problemas estruturais no pé, como arcos elevados ou ossos metatarsos anormalmente longos
  • Sofrer de uma condição do pé, tais como gota ou artrite

Tratamento de metatarsalgia

Felizmente, metatarsalgia pode ser tratada com métodos simples como repouso e gelo. A maioria das opções de tratamento são  métodos de auto-cuidado. O tratamento que você receberá terá como base a causa da metatarsalgia.
Muitas vezes, uma simples mudança de calçado pode resolver o problema. Medicamentos de venda livre como o ibuprofeno podem reduzir a dor e inflamação. Geralmente, você deve evitar a atividade que causou a metatarsalgia.
Por exemplo, se você jogar basquete e desenvolver este problema, o seu médico pode querer que você mude para um esporte alternativo, como ciclismo ou natação, uma vez que estes são menos propícios a provocar danos nos pés.
Se os seus sapatos forem adequados, o médico pode recomendar uma almofada metatarsal para reduzir a pressão sobre os ossos metatarsos. As palmilhas amortecedoras e arcos apoiados também podem ajudar.
Estes podem ser comprados a avulso ou podem ser feitos sob medida para você. Se medidas simples como estas não funcionarem, o seu médico pode precisar de tomar uma outra abordagem.

Para casos mais graves, AINEs (anti-inflamatórios não esteróides), injecções de esteróides, fisioterapia ou cirurgia ao pé podem ajudar a reduzir a dor e inchaço e podem ajudar a corrigir a condição subjacente que está a causar a metatarsalgia.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL