quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Infecção no ouvido

A infecção no ouvido crônica motiva fluidos, inchaço ou uma infecção por trás do tímpano, que não desaparece ou que volta a aparecer. A longo prazo, esta condição pode provocar danos permanentes ao ouvido.

Causas de infecção no ouvido

A trompa (tubo) de Eustáquio situa-se a meio, entre cada ouvido e a parte de trás da garganta. Estes canais de drenagem de fluido situam-se no ouvido médio. Se a trompa de Eustáquio ficar bloqueada, o fluido pode acumular-se. Quando isto acontece, pode ocorrer infecção. A infecção no ouvido crônica desenvolve-se quando o fluido ou uma infecção por trás do tímpano não desaparece.
A infecção de ouvido crônica pode ser causada por:
  • Uma infecção aguda no ouvido que não desaparece completamente
  • Infecções de ouvido repetidas
As infecções no ouvido são mais comuns em crianças, porque as suas trompas de Eustáquio são mais curtas, mais estreitas e mais horizontais do que as dos adultos. As infecções de ouvido crônicas são muito menos comuns do que as otites agudas.

Sintomas de infecção no ouvido

Os sintomas de uma infecção de ouvido crônica podem ser menos graves do que os sintomas de uma infecção aguda. O problema pode passar despercebido e não ser tratado por um longo tempo.
Os sintomas podem incluir:
  • Dor de ouvido ou desconforto que é geralmente leve e se sente como pressão no ouvido
  • Febre, normalmente baixa
  • Drenagem de um tipo de pus do ouvido
  • Perda de audição
Os sintomas podem continuar ou aparecer e desaparecer, e podem ocorrer num ou em ambos os ouvidos.


Diagnóstico de infecção no ouvido

O médico irá examinar os ouvidos e pode encontrar:
  • Vermelhidão no ouvido médio
  • Bolhas de ar no ouvido médio
  • Líquido espesso no ouvido médio
  • Tímpano que adere aos ossos do ouvido médio
  • Drenagem do fluido do tímpano
  • Um buraco (perfuração) no tímpano
  • Um tímpano que protrai para fora ou puxa para trás e para dentro (colapso)
Os testes podem incluir:
  • Culturas de fluido que podem mostrar bactérias, e estas bactérias podem ser mais difíceis de tratar do que as bactérias que estão normalmente envolvidas numa infecção aguda no ouvido.
  • Uma tomografia computadorizada da cabeça ou mastóides, que pode mostrar que a infecção se espalhou para além do ouvido médio.
  • Testes de audição também podem ser necessários.

Tratamento para infecção no ouvido

O seu médico pode prescrever antibióticos se a infecção for causada por bactérias, e estes medicamentos podem ter de ser usados por um longo tempo, podendo ser administrados por via oral ou através de uma veia (por via intravenosa).
Se existir um buraco na membrana timpânica, são usadas gotas antibióticas para os ouvidos. O médico pode recomendar o uso de uma solução ácida suave (como o vinagre e água) para um ouvido infetado difícil de tratar, e que tenha uma perfuração. Um cirurgião pode precisar de limpar o tecido que se acumulou no interior do ouvido.
Cirurgias que podem ser necessárias para tratar um infecção crônica no ouvido incluem:
  • Cirurgia para limpar a infecção do osso mastóide (mastoidectomia)
  • Cirurgia para reparar ou substituir os pequenos ossos no ouvido médio
  • Reparação do tímpano
  • Cirurgia tuba auditiva

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL