quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Doença de Legg-Calve-Perthes

A doença de Legg-Calve-Perthes ocorre quando a bola de osso da coxa, no quadril, não recebe sangue suficiente, fazendo com que o osso possa morrer.

Causas de doença de Legg-Calve-Perthes

Geralmente, a doença de Legg-Calve-Perthes ocorre em meninos de 4 a 10 anos de idade e existem muitas teorias sobre a causa desta doença, mas pouco se conhece.
Sem sangue suficiente na área, o osso morre. A bola do quadril entra em colapso e torna-se plana. Na maioria das vezes, apenas um quadril é afetado, embora possa ocorrer em ambos.
O fornecimento de sangue retorna ao longo de vários meses, trazendo novas células ósseas. Gradualmente, as novas células substituem o osso morto ao longo de 2 a 3 anos.


Sintomas de doença de Legg-Calve-Perthes

Muitas vezes, o primeiro sintoma é mancar, o que geralmente se torna indolor. Por vezes, pode haver dor leve que aparece e desaparece.
Outros sintomas podem incluir:
  • Rigidez do quadril que limita o movimento
  • Dor no joelho
  • Gama limitada de movimento
  • Dor na coxa ou na virilha que não desaparece
  • O encurtamento da perna ou pernas com comprimento desigual
  • Perda de massa muscular na coxa

Tratamento para doença de Legg-Calve-Perthes

O objetivo do tratamento é manter a bola do osso da coxa dentro do soquete. O médico pode chamar esta situação de contenção. A razão para esta procupação é a necessidade de garantir que continua a haver uma boa amplitude de movimento.
O plano de tratamento pode envolver:
  • Um curto período de repouso na cama para ajudar a aliviar a dor severa
  • Limitar a quantidade de peso colocado na perna e restringir atividades, tais como corrida
  • A terapia física para ajudar a manter os músculos da perna e do quadril fortes
  • Tomar remédios anti-inflamatórios como o ibuprofeno, para aliviar a rigidez na articulação do quadril
  • Usar um molde ou cinta para ajudar com a contenção
  • Usar muletas ou um andador
Uma cirurgia pode ser necessária se outros tratamentos não funcionarem. O tipo exato da cirurgia a implementar depende da gravidade do problema e da forma da esfera de articulação do quadril.
É importante que as crianças sejam sujeitas a exames regulares de acompanhamento com um médico e um especialista ortopédico.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL