quarta-feira, 26 de julho de 2017

Vulvodínia

Vulvodínia é um termo usado para descrever a dor que afeta a vulva, quando a causa da dor é desconhecida.
Vulvodínia é definida como dor vulvar com uma duração mínima de 3 meses, sem causa clara ou sem identificação da causa, e que pode ter potenciais fatores associados.
A vulvodínia pode ser localizada ou generalizada e pode ser provocada por relação sexual ou por outros fatores não-sexuais (inserção de tampões, roupas apertadas, etc.), mas também pode ocorrer de forma espontânea ou mista (provocada e espontânea). O seu início pode ser primário ou secundário, e o padrão temporal pode ser intermitente, persistente, constante, imediato ou retardado.
Vestibulodinia refere-se a vulvodínia localizada provocada (esta era anteriormente conhecida como vestibulitis vulvar).
Vulvodínia generalizada refere-se a vulvodínia espontânea ou mista (anteriormente conhecida como vulvodínia disaestetica).
Nos homens, sintomas semelhantes são chamados disestesia genital masculina.


Tratamento para vulvodínia

Uma vez que, por definição, a causa de vulvodínia é desconhecida, o tratamento pode ser um desafio. Normalmente, o tratamento de vulvodínia requer uma abordagem multidisciplinar, que pode incluir:
  • Medicamentos
  • Fisioterapia
  • Terapia psicológica
  • Terapia para gerência da dor
  • Modificação Behaviour
  • Cirurgia
Em todos os casos, o tratamento deve sempre abranger uma abordagem holística tendo em conta as necessidades físicas e psicológicas da mulher.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL