sábado, 8 de julho de 2017

Transtorno esquizoafetivo

O transtorno esquizoafetivo é uma condição mental que faz com que exista uma perda de contato com a realidade (psicose) e existam problemas de humor (depressão ou mania).

Causas de transtorno esquizoafetivo

A causa exata da perturbação esquizoafectiva é desconhecida. Alterações em genes e produtos químicos no cérebro (neurotransmissores) podem desempenhar um papel importante.
Pensa-se que o transtorno esquizoafetivo possa ser menos comum do que esquizofrenia e transtornos de humor. As mulheres podem ter a condição mais frequentemente do que os homens. O transtorno esquizoafetivo tende a ser raro em crianças.

Sintomas de transtorno esquizoafetivo

Os sintomas de transtorno esquizoafetivo são diferentes em cada pessoa. Muitas vezes, as pessoas com transtorno esquizoafetivo procuram tratamento para problemas com humor, função diária ou pensamentos anormais.
Problemas de psicose e de humor podem ocorrer ao mesmo tempo ou por si só. A desordem pode envolver ciclos de sintomas graves seguidos de melhoria.
Os sintomas de transtorno esquizoafetivo podem incluir:
  • Alterações no apetite e energia
  • Discurso desorganizado que não é lógico
  • Crenças falsas (delírios), como pensar que alguém está tentando prejudicá-lo (paranóia) ou pensar que mensagens especiais são escondidas em lugares comuns (delírios de referência)
  • Falta de preocupação com a higiene
  • Depressão ou irritabilidade
  • Problemas de sono
  • Problemas de concentração
  • Tristeza ou desesperança
  • Ver ou ouvir coisas que não estão lá (alucinações)
  • Isolamento social
  • Falar tão rapidamente que os outros não podem interrompê-lo

Tratamento para transtorno esquizoafetivo

O tratamento pode variar. Em geral, o seu médico irá prescrever medicamentos para melhorar o seu humor e tratar a psicose. Estes podem incluir:
  • Medicamentos anti-psicóticos que são utilizados para tratar os sintomas psicóticos.
  • Medicamentos antidepressivos ou estabilizadores de humor, que podem ser prescritos para melhorar o humor.
  • Terapia da conversa, que pode ajudar com a criação de planos, resolução de problemas e manutenção de relacionamentos. A terapia de grupo pode ajudar a evitar o isolamento social.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL