segunda-feira, 17 de julho de 2017

Osteomalacia

A osteomalacia correponde ao amolecimento dos ossos. Esta condição ocorre devido à falta de vitamina D ou a um problema com a capacidade do corpo para quebrar e usar esta vitamina, que ajuda o corpo a absorver o cálcio. O corpo precisa de cálcio para manter a força e a dureza dos ossos.

Causas de osteomalacia

Ossos que se encontram amortecidos devido a osteomalacia, têm uma quantidade normal de colagénio, o que dá a estrutura aos ossos. No entanto, os ossos não possuem a quantidade adequada de cálcio para mantê-los duros.
Existem muitas causas de osteomalacia. Em crianças, a condição é chamada raquitismo, sendo mais frequentemente causada por um baixo nível de vitamina D.
Outras condições que podem levar a osteomalacia incluem:
  • Dieta que não contempla suficiente vitamina D
  • Insuficiente exposição à luz solar
  • Má absorção de vitamina D pelo intestino

Sintomas de osteomalacia

Os sintomas associados a osteomalacia podem incluir:
  • As fraturas ósseas que acontecem sem uma lesão verdadeira
  • Fraqueza muscular
  • Dor óssea generalizada, especialmente nos quadris
Os sintomas também podem ocorrer devido a baixos níveis de cálcio. Estes incluem:
  • Dormência ao redor da boca
  • Dormência dos braços e pernas
  • Espasmos nas mãos ou pés

Diagnóstico de osteomalacia

Exames de sangue poderão ser implementados para verificar a vitamina D, creatinina, cálcio, fosfato, eletrólitos, fosfatase alcalina e os níveis de hormônio da paratireóide.
As radiografias ósseas e um teste de densidade óssea podem ajudar a detetar pseudofraturas, perda óssea e amolecimento dos ossos.
Nalguns casos, uma biópsia óssea será implementada para verificar se o amolecimento ósseo se encontra presente.

Tratamento para osteomalacia

O tratamento pode envolver suplementos de vitamina D, cálcio e fósforo tomados por via oral. Pessoas que não conseguem absorver nutrientes podem necessitar de doses maiores de vitamina D e cálcio.
Pessoas com certas condições podem precisar de exames de sangue regulares para monitorizar os níveis sanguíneos de fósforo e cálcio.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL