sexta-feira, 7 de julho de 2017

Displasia cervical

A displasia cervical refere-se a alterações anormais nas células na superfície do colo do útero. O colo do útero é a parte inferior do útero (ventre) que se abre na parte superior da vagina.
As mudanças não são câncer. Mas elas são consideradas pré-cancerosas. Isto significa que podem levar ao câncer do colo do útero se não forem tratadas.

Causas de displasia cervical

A displasia cervical pode desenvolver-se em qualquer idade.
Na maioria das vezes, a displasia cervical é causada pelo vírus do papiloma humano (HPV). O HPV é um vírus comum que é transmitido através do contato sexual. Existem muitos tipos de HPV. Alguns tipos levam a displasia cervical ou câncer. Outros tipos de HPV podem causar verrugas genitais.
Algumas situações podem aumentar o risco de displasia cervical. Estas incluem:
  • Ter relações sexuais antes dos 18 anos
  • Ter um bebê antes dos 16 anos
  • Ter múltiplos parceiros sexuais
  • Ter outras doenças, tais como diabetes ou HIV
  • Usar medicamentos que suprimem o sistema imunológico
  • Ser fumador


Sintomas de  displasia cervical

Na maioria das vezes, não existe nenhum sintoma.

Tratamento para displasia cervical

O tratamento depende do grau de displasia. Displasia leve pode desaparecer sem tratamento.
Você pode precisar apenas de um acompanhamento cuidadoso pelo seu provedor de saúde com exames de Papanicolau repetidos a cada 6 a 12 meses.
Se as alterações não desaparecerem ou piorarem, será necessário tratamento.
Tratamento para moderada a grave displasia ou displasia leve que não desaparece pode incluir:
  • Criocirurgia para congelar células anormais
  • A terapia com laser, que utiliza a luz para queimar tecido anormal
  • Procedimento de excisão eletrocirúrgica, que usa eletricidade para remover o tecido anormal
  • A cirurgia para remover o tecido anormal
  • A histerectomia (em casos raros)
Se você já teve displasia, precisará de ter os exames repetidos a cada 12 meses ou com a peiocidade recomendada pelo seu médico.
Certifique-se de tomar a vacina HPV quando esta é recomendada. Esta vacina previne muitos tipos de câncer do colo do útero.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL