quinta-feira, 13 de julho de 2017

Colestase

A colestase é um termo médico para caracterizar qualquer condição na qual o fluxo de bílis a partir do fígado é diminuído ou bloqueado.

Causas de colestase

Existem muitas causas de colestase.
Colestase extra-hepática ocorre fora do fígado e pode ser causada por:
  • Tumores do ducto biliar
  • Cistos
  • Estreitamento do ducto biliar (estenose)
  • Pedras no ducto biliar
  • Pancreatite
  • Tumor pancreático ou pseudocisto
  • A pressão sobre os ductos biliares, devido a uma massa ou tumor nas proximidades
  • Colangite esclerosante primária
Colestase intra-hepática ocorre no interior do fígado e pode ser causada por:
  • Doença hepática alcoólica
  • Amiloidose
  • Abscesso bacteriano no fígado
  • Ser alimentado exclusivamente através de uma veia (IV)
  • Linfoma
  • Gravidez
  • Cirrose biliar primária
  • Colangite esclerosante primária
  • Sarcoidose
  • Infecções graves que se espalharam através da corrente sanguínea (sepse)
  • Tuberculose
  • Hepatite viral
Certos medicamentos também podem causar colestase, incluindo:
  • Os antibióticos tais como ampicilina e outras penicilinas
  • Os esteróides anabólicos
  • Pílulas anticoncepcionais
  • Clorpromazina
  • Cimetidina
  • Estradiol
  • Imipramina
  • Prochlorperazine
  • Terbinafina
  • Tolbutamida

Sintomas de colestase

Os sintomas de colestase podem incluir:
  • Fezes cor de argila ou brancas
  • Urina escura
  • Incapacidade de digerir certos alimentos
  • Coceira
  • Náuseas ou vômitos
  • Dor na parte superior direita do abdômen
  • Pele ou olhos amarelados

Tratamento para colestase

A causa subjacente da colestase deve ser tratada.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL