segunda-feira, 5 de junho de 2017

Antraz

Antraz é uma doença infecciosa causada por uma bactéria chamada Bacillus anthracis. A infecção em seres humanos envolve mais frequentemente a pele, trato gastrointestinal ou pulmão.

Causas de antraz

Comumente, antraz afeta animais com cascos, como ovelhas, vacas e cabras. Os seres humanos que entram em contato com animais infetados também podem ficar doentes com antraz.
Existem 3 principais vias de infecção por antraz, nomeadamente por forma cutânea, por inalação, e de forma gastrointestinal.
Antraz cutâneo ocorre quando esporos de antraz tocam um corte ou raspam na pele, sendo o tipo mais comum de infecção por antraz.
O principal risco é o contato com peles de animais, produtos de osso e lã, ou através do contato direto com animais infetados. As pessoas com maior risco de antraz cutâneo incluem trabalhadores agrícolas, veterinários, curtidores, e trabalhadores de lã.
Antraz por inalação desenvolve-se quando esporos de antraz entram nos pulmões através das vias aéreas, sendo uma condição mais comumente verificada quando os trabalhadores respiram esporos de antraz presentes no ar durante os processos de curtimento de peles e de processamento de lã.
Se ocorrer inalação de esporos, diz-se que a pessoa foi exposta ao antraz. Mas isso não significa que a pessoa terá sintomas.
Os esporos bacterianos devem germinar ou brotar (da mesma forma que uma semente germina antes de uma planta crescer) antes de ocorrer a doença real. Geralmente, este processo leva entre 1 e 6 dias.
Uma vez que os esporos germinam, eles liberam várias substâncias tóxicas. Estas substâncias causam hemorragia interna, inchaço e morte do tecido.
Antraz gastrointestinal ocorre quando alguém come carne contaminada com antraz.
Antraz pode ser usado como uma arma biológica ou pode ser utilizado como bioterrorismo.

Sintomas de antraz

Os sintomas de antraz diferem, dependendo do tipo de antraz.
Os sintomas de antraz cutâneo iniciam-se 1 a 7 dias após a exposição e podem incluir o desenvolvimento de uma ferida que motiva coceira e que se torna semelhante a uma picada de inseto. Esta ferida pode formar bolhas e formar uma úlcera preta (ferida ou escara). Geralmente, a ferida encontra-se muitas vezes cercada por inchaço. Frequentemente, forma-se uma crosta, e em seguida esta seca e cai dentro de 2 semanas. A cura completa pode levar mais tempo.
Os sintomas de antraz por inalação podem iniciar-se com febre, mal-estar, dor de cabeça, tosse, falta de ar e dor no peito. A Febre e choque podem ocorrer mais tarde. 
Geralmente, os sintomas de antraz gastrointestinal ocorrem dentro de 1 semana e podem incluir:

Diagnóstico de antraz

Os testes para diagnosticar antraz dependerão do tipo de doença suspeita.
Uma cultura da pele, e por vezes uma biópsia, são realizadas nas feridas na pele. A amostra será analisada sob um microscópio para identificar a bactéria antraz.
Os testes podem incluir:
  • Cultura de sangue
  • Tomografia computadorizada de tórax ou radiografia de tórax
  • Punção lombar para verificar se existe infecção em torno da coluna vertebral
  • A cultura de escarro
Mais testes podem ser feitos sobre amostras de líquido ou de sangue.

Tratamento para antraz

Os antibióticos são geralmente utilizados para tratar antraz. Os antibióticos que podem ser prescritos incluem penicilina, doxiciclina e ciprofloxacina.
Antraz contraido através de inalação é tratado com uma combinação de antibióticos tais como a ciprofloxacina, associado com outro medicamento. Estes são dados por via intravenosa. Os antibióticos são geralmente tomadas durante 60 dias, porque pode levar muito tempo para os esporos germinarem.
Antraz cutâneo é tratado com antibióticos tomados por via oral, geralmente por 7 a 10 dias. Doxiciclina e ciprofloxacina são mais frequentemente utilizados.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL