quinta-feira, 11 de maio de 2017

Fibrosite

Fibrosite é uma inflamação ou dor nos músculos, bainhas musculares e camadas de tecido conjuntivo dos tendões, músculos, ossos e articulações, afetando as áreas musculares da região lombar, pescoço, ombro, peito, braços, quadris e coxas. Geralmente, a condição ocorre em adultos entre as idades de 30 e 60 anos e ocorre com maior frequência em mulheres (proporção de 5 para 1).

Sinais e sintomas fibrosite

Os sinais e sintomas de fibrosite incluem:
  • Rigidez e fraqueza
  • Súbitos espasmos musculares dolorosos, que pioram com a atividade
  • Os nódulos ou áreas localizadas que são sensíveis ao toque (pontos gatilho)
  • Áreas musculares dolorosas
  • Fadiga
  • Dificuldade em permanecer no sono

Tratamento de fibrosite

Em termos de tratamento da fibrosite algumas medidas gerais incluem:
  • Estudos laboratoriais de sangue para medir a inflamação, e testes para descartar a artrite reumatóide ou polimialgia. Não existe nenhum teste específico para fibromiosite.
  • O calor alivia a dor. Tome banhos quentes e deixe a água bater em áreas dolorosas. Use lâmpadas de calor, almofadas de aquecimento, hidromassagem ou banhos de banheira simples e compressas quentes.
  • Peça para alguém massagear suavemente as áreas dolorosas.
  • Padrões regulares de descanso podem ser úteis.
  • Eliminar o estresse desnecessário na sua vida.
  • Aprender técnicas de relaxamento.
  • Biofeedback é útil para alguns pacientes que o usam para relaxar os músculos contraídos.
  • Manter interação social, mesmo que a dor possa ser por vezes uma distração.
Em termos de medicamentos, pode recorrer-se:
  • Para um pequeno desconforto, pode usar-se medicamentos sem prescrição médica, tais como aspirina, paracetamol ou ibuprofeno.
  • Injecções de cortisona em "pontos de gatilho" ou medicamentos anti-inflamatórios não- esteróides podem ser prescritos.
  • Antidepressivos em baixas doses e por períodos curtos podem ser prescritos.
Algumas medidas suplementares podem tornar-se úteis, tais como:
  • Ficar tão ativo quanto possível, mesmo quando está com dor. Exercícios de alongamento podem ser úteis.
  • Exercícios de condicionamento geral são úteis.
  • Não se promove nenhuma dieta especial, mas deve evitar-se o consumo de substâncias que interferem com o sono, tais como a cafeína e álcool.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL