terça-feira, 2 de maio de 2017

Asbestose

Asbestose é uma doença pulmonar que ocorre através da respiração de fibras de amianto.

Causas de abestose

A inspiração de fibras de amianto pode causar cicatrizes (fibrose) no interior do pulmão, originando que o tecido pulmonar não se expanda e contraia normalmente.
A gravidade da doença depende de quanto tempo a pessoa ficou exposta ao amianto e da quantidade respirada. Muitas vezes, as pessoas não notam sintomas durante 20 anos ou mais após a exposição ao amianto.
As fibras de amianto eram comumente usadas na construção antes de 1975. Exposição ao amianto ocorreu na mineração do amianto e moagem, construção e noutras indústrias. Famílias de trabalhadores expostos ao amianto também podem ser expostas a partir de partículas trazidas para casa na roupa do trabalhador.
Outras doenças relacionadas ao amianto incluem:
  • As placas pleurais (calcificação)
  • O mesotelioma maligno, que pode desenvolver-se 20 a 40 anos após a exposição
  • O derrame pleural, uma acumulação que se desenvolve em torno do pulmão, poucos anos após a exposição ao amianto
Hoje em dia, os trabalhadores estão em menor risco de contrair doenças relacionadas com o amianto devido a novos regulamentos governamentais.
O tabagismo aumenta o risco de contrair doenças relacionadas com o amianto.

Sintomas de asbestose

Os efeitos da exposição a longo prazo ao amianto normalmente não aparecem entre 10 a 40 anos após a exposição inicial. Sinais e sintomas de asbestose podem incluir:


Tratamento de asbestose

Não existe cura para a asbestose, pelo que evitar a exposição ao amianto torna-se essencial. Para aliviar os sintomas, drenagem, percussão e vibração podem ajudar a remover fluidos dos pulmões. O médico pode prescrever medicamentos através de aerossóis ou fluidos pulmonares finos. Pessoas com esta condição podem precisar de receber oxigênio por meio de uma máscara ou através de um pedaço de plástico que se encaixa nas narinas. Alguns pacientes podem precisar de um transplante de pulmão.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL