quinta-feira, 13 de abril de 2017

Infecção urinária no homem

As infecções do trato urinário envolvem várias partes do corpo, nomeadamente rins, ureteres, bexiga e uretra (que produzem a urina e levam-na para fora do corpo).
A maioria dos casos de infecções do trato urinário ocorre em mulheres. Daquelas que ocorrem nos homens, relativamente poucas afetam os homens mais jovens. Em homens com idade superior a 50 anos, a glândula da próstata (uma glândula perto da parte inferior da bexiga, próximo à uretra) pode ampliar e bloquear o fluxo de urina da bexiga. Esta condição é conhecida como hiperplasia benigna da próstata ou hiperplasia prostática benigna. Esta condição pode impedir o esvaziamento da bexiga completamente, o que aumenta a probabilidade de que as bactérias se desenvolvam e possam desencadear uma infecção. A cistite é mais comum em homens que praticam sexo anal e naqueles que não são circuncidados. Outros fatores que aumentam o risco de infecções urinárias incluem uma obstrução, como a causada por um bloqueio parcial da uretra conhecida como uma estenose, e das substâncias não-naturais, tais como tubos de borracha de um cateter (que pode ser inserido para aliviar um bloqueio na uretra).


Sintomas de infecção urinária no homem

Geralmente, a infecção do trato urinário motiva um ou mais dos seguintes sintomas:
  • Micção anormalmente frequente
  • Uma vontade intensa de urinar
  • Dor, desconforto ou uma sensação de ardor ao urinar
  • Despertar do sono para urinar
  • Dor, pressão ou tensão na área da bexiga (no meio da parte inferior do abdômen, abaixo do umbigo)
  • Enurese
  • Urina que parece nublada ou com mau cheiro
  • Febre, com ou sem arrepios
  • Náusea e vômito
  • Dor no lado ou parte superior das costas

Diagnóstico de infecção urinária no homem

O seu médico irá formular perguntas sobre os seus sintomas e sobre quaisquer episódios anteriores de infecção do trato urinário. Para avaliar plenamente os seus fatores de risco, o médico pode fazer perguntas sobre o seu histórico sexual, incluindo a sua história e história do seu parceiro de doenças sexualmente transmissíveis, uso de preservativo, múltiplos parceiros e sexo anal.
O seu médico irá diagnosticar uma infecção do trato urinário com base nos seus sintomas e nos resultados de um exame físico e de exames laboratoriais da sua urina. Numa infecção típica do trato urinário, o seu médico irá verificar os glóbulos brancos (células que combatem as infecções) e bactérias, quando ele examina a sua urina sob um microscópio. Provavelmente, o seu médico irá enviar a sua urina para um laboratório para identificar o tipo específico de bactérias e para saber quais os antibióticos específicos que podem ser utilizados para eliminar as bactérias.
Nos homens, um exame retal permitirá que o seu médico possa avaliar o tamanho e a forma da glândula da próstata. Se você for um jovem sem nenhum sinal de um aumento da próstata, o médico pode solicitar exames adicionais para procurar uma anomalia do trato urinário que aumente a probabilidade de infecção. Isto ocorre porque as infecções do trato urinário são relativamente raras em jovens com trato urinário normal. Testes adicionais podem incluir urografia excretora ou uma tomografia computadorizada, que mostra um esboço do seu trato urinário em raios-X; ultra-sons; ou cistoscopia, um exame que permite que o seu médico possa inspecionar o interior da sua bexiga usando um instrumento tubular fino e oco.

Tratamento para infecção urinária no homem

O tratamento médico para infecções do trato urinário inclui uma grande variedade de antibióticos. Os resultados dos testes de laboratório da sua urina podem ajudar o médico a escolher o melhor antibiótico para a infecção. Em geral, as infecções do trato mais inferior não complicadas serão completamente eliminadas por sete a dez dias de tratamento. Uma vez que você termina de tomar os antibióticos, o médico pode pedir uma nova amostra de urina para verificar se as bactérias já não estão presentes. Se uma infecção do trato superior ou infecção da próstata for diagnosticada, o médico pode prescrever antibióticos por três semanas ou mais.
Homens com infecções do trato superior graves podem necessitar de tratamento hospitalar e antibióticos administrados através de um cateter intravenoso (numa veia). Isto é especialmente verdade quando as náuseas, vómitos e febre aumentam o risco de desidratação e evitam a utilização de antibióticos por via oral.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL