terça-feira, 14 de março de 2017

Hematoma subdural - Causas, sintomas e tratamento

Hematoma subdural causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção riscos complicações
Um hematoma subdural ocorre quando um vaso sanguíneo perto da superfície do cérebro rompe. O sangue acumula-se entre o cérebro e o revestimento exterior resistente do cérebro. A condição também é chamada de hemorragia subdural.
Num hematoma subdural, o sangue recolhe imediatamente abaixo da dura-máter. A dura-máter é a camada mais exterior das meninges. As meninges são a cobertura de protecção de três camadas do cérebro.
Um hematoma subdural é um problema com risco de vida porque comprime o cérebro.
A maioria das hemorragias subdurais são resultado de trauma na cabeça. 
Em pessoas jovens e saudáveis, geralmente, o sangramento é desencadeado por um impacto significativo. Este tipo de impacto pode ocorrer num acidente de automóvel a alta velocidade.
Em contraste, as pessoas mais velhas podem sangrar depois de um pequeno trauma. Por exemplo, pode acontecer ao cair de uma cadeira.
Um hematoma subdural também é mais comum em pessoas que:
  • Tomam medicamentos que afinam o sangue
  • Que abusam do álcool
  • Que têm convulsões
Uma hemorragia subdural aguda é o sangramento que se desenvolve logo após um sério golpe na cabeça. O sangue acumula-se rapidamente, fazendo com que a pressão suba dentro do cérebro. Isto pode resultar em perda de consciência, paralisia ou morte.
Quando o sangramento se desenvolve lentamente, é conhecido como uma hemorragia subdural crônica. O sangramento pode desenvolver-se ao longo de um período de semanas a meses.
Esta forma de sangramento é muito mais comum em pessoas mais velhas. O traumatismo craniano que provoca hemorragia subdural crônica é muitas vezes menor. Muitos dos afetados não conseguem recordar um ferimento na cabeça.

Sintomas de hematoma subdural

Geralmente, uma hemorragia subdural aguda desenvolve-se após um traumatismo craniano grave. Lesões que resultam nesta condição são tipicamente suficientemente fortes para causar uma perda temporária de consciência.
Normalmente, nos minutos a horas após o ferimento na cabeça, a pessoa recupera a consciência. Então, a pessoa perde gradualmente a consciência novamente, desta vez devido a hemorragia subdural.
Outros sintomas comuns de uma hemorragia subdural aguda incluem:
  • Dor de cabeça severa
  • Fraqueza de um lado do corpo
  • Convulsões
  • Alterações na visão ou na fala
Hemorragia subdural crônica produz sintomas mais sutis. Estes sintomas podem continuar por mais de um mês antes do diagnóstico ser reconhecido.
Estes sintomas incluem:
  • Leve dor de cabeça
  • Náuseas ou vômitos
  • Mudança na personalidade
  • Perda de memória
  • Perda de equilíbrio ou dificuldade em andar
  • Visão dupla
  • Fraqueza, dormência ou formigueiro nos braços ou pernas
Os sintomas causados por hemorragia subdural crônica podem imitar outras condições comuns. Por exemplo, eles podem assemelhar-se a acidentes vasculares cerebrais e tumores cerebrais. Ocasionalmente, os graduais de perda de memória e alterações de personalidade podem ser confundidos com demência.

Diagnóstico de hematoma subdural

Todos os ferimentos na cabeça devem ser avaliados imediatamente por um médico. Isto é especialmente verdadeiro se houver alguma perda de consciência.
Normalmente, o médico vai querer saber:
  • Como ocorreu a lesão
  • Quais os sintomas desenvolvidos
  • Se houve ferimentos na cabeça no passado
  • Se a pessoa tem outros problemas médicos
  • Quais os medicamentos que a pessoa está a tomar
  • Se a pessoa bebe álcool ou usa drogas
  • Se existem sintomas de outras lesões (dor de garganta, falta de ar, etc.)
O médico irá realizar um exame físico e neurológico completo. Ele irá verificar:
  • Pressão arterial e pulso
  • A visão e a forma como os olhos respondem à luz
  • Reflexos e equilíbrio
  • Capacidade de responder a perguntas e lembrar de coisas
Se o médico suspeitar de sangramento na cabeça, ele vai pedir uma tomografia computadorizada. A tomografia computadorizada é a melhor forma de determinar a localização e a quantidade de sangramento. Ele também pode identificar eventuais lesões no cérebro, crânio ou pescoço.
O médico pode suspeitar de uma hemorragia subdural crônica, se um paciente mais velho desenvolver novos sintomas neurológicos. Isto é mais provável de acontecer após ter havido uma queda ou pequeno trauma na cabeça.

Tratamento para hematoma subdural

Uma hemorragia subdural aguda requer atenção médica imediata. Na maioria dos casos, uma cirurgia de emergência deve ser feita para drenar o hematoma e para controlar o sangramento.
Em contraste, apenas algumas hemorragias subdurais crônicas requerem cirurgia de emergência. A maioria dos médicos recomendam cirurgia para hemorragias maiores e para aquelas que causam sintomas neurológicos. No entanto, o tratamento com repouso, medicamentos e observação, pode ser razoável nalguns casos. Este pode ser o caso de hematomas pequenos que causam sintomas mínimos ou que não causam sintomas.
As pessoas que desenvolvem uma hemorragia subdural correm o risco de convulsões. As convulsões podem ocorrer mesmo após o hematoma ser tratado.


Prevenção de hematoma subdural

Acidentes, incluindo ferimentos na cabeça, são a principal causa de morte em pessoas jovens. Muitos destes acidentes estão relacionados com drogas e álcool. Muitos outros poderiam ser evitados com precauções simples ou equipamento de segurança.
Para ajudar a evitar ferimentos na cabeça, considere:
  • Se você bebe álcool, beba com moderação. Nunca dirija depois de beber ou usar drogas.
  • Se o seu trabalho envolve trabalhos em altura, use equipamentos de segurança para evitar quedas acidentais.
  • Nunca trabalhe num local alto se você sentir-se tonto ou instável, beber álcool ou estiver a tomar medicação que pode provocar tonturas ou afetar o seu equilíbrio.
  • Tenha a sua visão verificada regularmente. Má visão pode aumentar o risco de quedas e outros tipos de acidentes.
  • Se você for um adulto mais velho, limpe a sua casa ou apartamento de perigos que possam fazer com que você tropece e caia. Estes incluem tapetes e cabos de extensão.
  • Se você se sentir instável sobre os seus pés, considere usar uma bengala ou andador.
  • Se você jogar um esporte de contato como futebol e tiver um ferimento significativo na cabeça, permita-se a ter um tempo adequado para a cura antes de começar a jogar novamente. Depois de um ferimento na cabeça, a cura completa pode levar até 15 dias. Isto é verdadeiro mesmo que os sintomas desapareçam muito mais cedo. Um traumatismo craniano repetido durante este período de reparação frágil é provável que resulte em mais sangramento.
Medicamentos para o sangue aumentam o risco de sangramento dentro da cabeça. Exemplos incluem:
  • Aspirina
  • Clopidogrel (Plavix) e prasugrel (Effient)
  • Heparina
  • Varfarina (Coumadin)
Também poderá gostar de ler:

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL