quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Pneumonectomia - Para que se usa a pneumonectomia

Pneumonectomia para que serve como preparar como se faz riscos
Uma pneumonectomia é uma remoção cirúrgica de um pulmão.
Geralmente, a pneumonectomia é feita como um tratamento para o câncer. Esta pode ser feita de uma de duas maneiras:
  • Pneumonectomia Tradicional, em que apenas o pulmão doente é removido.
  • Pneumectomia Extrapleural, em que o pulmão doente é removido, em conjunto com uma porção da membrana que cobre o coração (pericárdio), parte do diafragma e a membrana que reveste a cavidade torácica do mesmo lado do peito.
A pneumonectomia remove metade da capacidade de respiração de uma pessoa. Por esta razão, normalmente, os cirurgiões escolhem uma forma menos extrema de cirurgia pulmonar, se possível.
No entanto, uma pneumonectomia é provavelmente a melhor opção quando um tumor:
  • Está localizado no meio do pulmão
  • Envolve uma porção significativa da artéria pulmonar ou veias

Para que se usa a pneumonectomia

Na maioria das vezes, uma pneumonectomia tradicional é feita para remover o câncer do pulmão, mas também pode ser necessária quando um paciente fica severamente ferido no peito.
Uma pneumonectomia extrapleural pode ser uma opção de tratamento para o mesotelioma maligno. Este é um câncer da pleura. A pleura é a membrana que reveste a cavidade torácica e que cobre os pulmões. Este câncer é tipicamente causado pela exposição ao amianto.

Preparação para uma pneumonectomia

O seu médico irá pedir testes extensivos dos seus pulmões antes de uma pneumonectomia. ele também irá confirmar que o pulmão remanescente é suficientemente saudável para assumir todo o volume de trabalho da respiração. Ele irá ainda certificar-se de que o seu coração é suficientemente forte para suportar a cirurgia.
Antes do agendamento da cirurgia, você será sujeito a uma série de exames. Estes testes irão confirmar que o câncer não se espalhou para fora dos pulmões. Estes exames podem incluir:
  • Cintilografia óssea
  • Tomografia computadorizada do abdômen
  • Tomografia computadorizada da cabeça
O médico irá rever as suas alergias e o seu histórico médico.
Cerca de uma semana antes da cirurgia, você vai parar de tomar aspirina e alguns medicamentos anti-inflamatórios. Se estiver a tomar outros medicamentos para afinar o sangue, verifique com o seu médico sobre quando deve parar de os tomar.
Na noite antes de sua cirurgia, você não deve comer ou beber nada.

Como se faz uma pneumonectomia

Uma linha intravenosa será inserida numa veia do seu braço. Esta serve para entregar líquidos e medicamentos. Você será administrado com anestesia geral.
Uma incisão será feita no peito, no lado do pulmão doente. 
O procedimento cirúrgico resulta na remoção do pulmão.
No final, a incisão será fechada com grampos ou com suturas. O cirurgião irá confirmar que a extremidade fechada do tubo bronquial não tem fugas de ar. Em seguida, fechará a incisão no peito com suturas. O cirurgião irá deixar uma drenagem temporária no espaço entre as duas membranas que rodeiam o pulmão.
Se você for sujeito a uma pneumonectomia extrapleural, o cirurgião irá remover o seu pulmão doente. Ele também irá remover cuidadosamente a pleura a partir da sua parede torácica. Partes do seu pericárdio e diafragma irão ser cortados no lado afetado. Estes serão substituídos com um material sintético seguro.
Após a cirurgia, você será levado para uma unidade de terapia intensiva cirúrgica. Durante as primeiras 24 horas, a sua respiração será auxiliada com um respirador e o seu tubo de drenagem torácica vai permanecer no local.
Uma vez que a sua condição fica estável, você será transferido para um quarto de hospital. Isto geralmente ocorre dentro de poucos dias.
A maioria dos pacientes que tiveram uma pneumonectomia tradicional serão capazes de ir para casa sete a dez dias após a cirurgia. A permanência hospitalar para uma pneumonectomia extrapleural pode ser de um ou dois dias a mais.


Quando consultar um médico

Após a sua cirurgia, consulte o seu médico imediatamente se:
  • Desenvolver dor no peito, tosse ou falta de ar
  • Tiver febre
  • A sua incisão ficar vermelha, inchada e dolorida, ou se escorrer sangue

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL