quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Vasectomia - O que é, como se faz

Vasectomia para que serve como preparar como se faz riscos
A vasectomia é uma forma de controle de nascimento no homem, que se consegue com o corte do fornecimento de espermatozóides ao seu sêmen. Este procedimento é realizado através de corte e selagem dos tubos que transportam o esperma. Vasectomia tem um baixo risco de problemas e, geralmente, pode ser realizada em ambulatório sob anestesia local.
Antes de obter uma vasectomia, você precisa de ter a certeza de que não quer ter um filho no futuro. Embora as reversões de vasectomia sejam possíveis, esta deve ser considerada uma forma permanente de controle de natalidade masculina.
A vasectomia não oferece nenhuma proteção contra doenças sexualmente transmissíveis.

Para que se usa a vasectomia

A vasectomia é uma opção de controle de natalidade segura e eficaz para os homens que estão certos de que não querem ter um filho no futuro, sendo quase 100 por cento eficaz na prevenção da gravidez. Esta corresponde a uma cirurgia ambulatorial com um baixo risco de complicações ou efeitos colaterais.
O custo de uma vasectomia é muito menor do que o custo da esterilização feminina (laqueadura) ou o custo a longo prazo de medicamentos de controle de natalidade para as mulheres.
Depois de uma vasectomia o homem não vai precisar de tomar medidas de controle de natalidade antes das relações sexuais, como colocar um preservativo.

Como preparar a vasectomia

Medicamentos

Provavelmente, o seu médico irá pedir-lhe para parar de tomar aspirina ou outros medicamentos para afinar o sangue durante vários dias antes da cirurgia. Estes podem incluir a warfarina (Coumadin, Jantoven), heparina, aspirina e outros medicamentos de venda livre para a dor como o ibuprofeno (Advil, Motrin IB, outros).

Vestuário e itens pessoais

Leve um par de cuecas apertadas ou um suporte atlético para usar após o procedimento, para apoiar o escroto e minimizar o inchaço.

Outras precauções

Banhe-se no dia da cirurgia. Certifique-se de lavar a sua área genital completamente.
Promova medidas para ter quem o transporte para casa após a cirurgia, para evitar o movimento e pressão na área de cirurgia causada pela condução.

Como se implementa a vasectomia

Antes de ser sujeito a uma vasectomia, o seu médico vai querer encontrar-se com você para ter a certeza de que esta é a forma correta de controle de natalidade para o seu caso em concreto.
Na consulta inicial (visita consultiva) esteja preparado para discutir situações como:
  • O seu entendimento de que a vasectomia é permanente, e que não é uma boa escolha se existir alguma chance de que você possa querer ter um filho no futuro
  • Se você tem filhos, e como é que o seu parceiro se sente sobre a decisão, se você mantiver um relacionamento
  • Outros métodos de controle de natalidade disponíveis para você
  • O que a cirurgia de vasectomia e recuperação envolvem, e possíveis complicações
Alguns médicos de família ou de clínica geral podem implementar uma vasectomia, mas na maior parte dos casos, este procedimento é realizado por médicos que se especializam no sistema reprodutor masculino (urologistas).
Geralmente, este procedimento é realizado sob anestesia local, o que significa que você vai manter-se acordado e será sujeito a medicação para entorpecer a área da cirurgia.
Normalmente, a cirurgia de vasectomia demora cerca de 10 a 30 minutos. Para realizar uma vasectomia, provavelmente, o seu médico irá seguir estes passos:
  • Anestesiar a área de cirurgia através da injecção de um anestésico local na pele do seu escroto, com uma pequena agulha.
  • Fazer um pequeno corte (incisão) na parte superior do seu escroto, depois da área da cirurgia se tornar dormente. Ou com uma técnica que não usa bisturi, promove um pequeno furo no escroto, em vez de uma incisão.
  • Localizar o tubo que transporta sêmen do seu testículo (canal deferente).
  • Retirar parte dos canais deferentes através da incisão ou punção.
  • Cortar o canal deferente que foi puxado para fora do escroto.
  • Selar os vasos deferentes, amarrando-os, usando calor (cauterização), grampos cirúrgicos ou uma combinação de métodos. Em seguida, o seu médico irá retornar as extremidades dos canais deferentes no escroto.
  • Fechar a incisão na área da cirurgia, podendo utilizar grampos ou cola, enquanto que, em alguns casos, a ferida pode ser deixada para fechar por si própria ao longo do tempo.

Após a vasectomia

Na sequência de uma vasectomia, você vai ter alguns hematomas, inchaço e dor. Geralmente, estes sintomas melhoram dentro de alguns dias. O seu médico dar-lhe-á instruções para a recuperação. O seu médico poderá dizer-lhe para:
  • O chamar imediatamente se tiver sinais de infecção, tais como sangue a escorrer do local da cirurgia; uma temperatura superior a 38 ° C; ou agravamento da dor ou inchaço.
  • Apoiar o seu escroto com uma atadura e roupas íntimas apertadas por pelo menos 48 horas após a sua vasectomia.
  • Aplicar compressas de gelo no escroto durante os dois primeiros dias.
  • Limitar a atividade após a cirurgia. Você vai precisar de descansar durante 24 horas após a cirurgia. Provavelmente, você poderá fazer atividades leves após dois ou três dias, mas você vai precisar de evitar esportes, levantamentos e trabalho pesado durante cerca de uma semana. O exagero pode causar dor ou sangramento dentro do escroto.
  • Evitar qualquer atividade sexual durante cerca de uma semana. Se você ejacular, você pode sentir dor ou sangue no seu sêmen. Se tiver relações sexuais use outra forma de controle de natalidade até que o seu médico possa confirmar que o esperma não está mais presente no seu sêmen.

Resultados de vasectomia

A vasectomia não fornece proteção imediata contra a gravidez. Use uma forma alternativa de controle de natalidade até que o seu médico confirme que não existe esperma no seu sêmen. Antes de ter relações sexuais desprotegidas, você vai precisar de esperar vários meses ou mais, e ejacular 15 a 20 vezes ou mais para limpar qualquer esperma do seu sêmen.
A maioria dos médicos fazem um acompanhamento do paciente para analisar o sêmen durante seis a doze semanas após a cirurgia, para terem a certeza de que nenhum espermatozóide se encontra presente. Você precisará de fornecer amostras de esperma ao médico, para este poder examiná-lo. Para produzir uma amostra de esperma, você terá que se masturbar e ejacular dentro de um recipiente ou usar um preservativo especial para coletar o sêmen durante a relação sexual. Então, o seu sêmen será examinado sob um microscópio para verificar se os espermatozóides estão presentes.
A vasectomia é uma forma eficaz de controle de natalidade, mas não irá proteger você ou o seu parceiro sexual contra doenças sexualmente transmissíveis, como a clamídia ou HIV/AIDS. Por este motivo, você deve usar outras formas de proteção, como preservativos, se você estiver em risco de contrair uma infecção sexualmente transmissível, mesmo depois de ser sujeito a uma vasectomia.


Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL