terça-feira, 5 de setembro de 2017

Labirintite - Causas e tratamento de labirintite

Labirintite causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção riscos complicações
Labirintite é uma infecção que causa inflamação do ouvido interno. Esta condição pode fazer você sentir-se doente e tonto, podendo provocar problemas com a sua audição e equilíbrio. Geralmente, a labirintite desaparece após algumas semanas, mas por vezes, os seus sintomas podem durar muito mais tempo e, ocasionalmente, podem causar perda permanente da audição.

Causas de labirintite

O seu ouvido é composto por três partes, nomeadamente o ouvido externo, o ouvido médio e o ouvido interno. O ouvido interno é constituído por um sistema de tubos cheios de fluido. Estes incluem a cóclea que deteta som, e o sistema vestibular que deteta os movimentos da cabeça e que ajuda com o equilíbrio. Juntas, estas estruturas são conhecidas como labirinto, que é de onde vem o nome labirintite, que tem como causa uma infecção do ouvido interno

Sintomas de labirintite

Se você tem labirintite, você pode:
  • Ter vertigens. Estas correspondem a uma sensação de que você, ou as coisas ao seu redor, estão a girar, mesmo quando você está parado
  • Sentir sintomas de doença como náuseas, enjoo e vômito
  • Ter perda auditiva. Esta situação pode variar de leve até perda completa da sua audição
  • Ter zumbidos (um som de zumbido nos ouvidos)
  • Fazê-lo sentir tonturas e desequilíbrio
  • Promover uma descarga do ouvido
Embora estas situações possam não ser necessariamente causadas por labirintite, consulte o seu médico se você tiver alguns destes sintomas.

Frequentemente, a labirintite é associada com uma infecção viral do trato respiratório, como um resfriado ou gripe. Assim, você pode ter sintomas parecidos com os que ocorrem nestas condições, tais como dor de garganta, coriza e febre.
Além disso, os seus olhos podem agitar-se muito ligeiramente (nistagmo), mas muitas vezes esta situação só é notada quando se é examinado por um profissional de saúde.
Os sintomas associados à condição podem surgir subitamente, como por exemplo, quando você acorda ou durante o decorrer do dia, podendo ser suficientemente graves para fazer você ficar na cama.
Normalmente, os sintomas de vertigem e doença melhoram gradualmente ao longo de vários dias, embora possam continuar por várias semanas. Você pode sentir-se instável durante várias semanas ou meses depois de obter labirintite, mas isso, geralmente melhora com o decorrer do tempo ou com o tratamento. Muitas vezes a perda auditiva pode ser recuperada, mas isso pode depender do tipo de infecção que você contraiu.
Você também deve evitar dirigir, usar ferramentas e máquinas, ou trabalhar em altura, se você ainda se estiver a sentir tonto.


Diagnóstico de labirintite

O seu médico irá pedir-lhe para descrever os seus sintomas. Ele também pode formular perguntas sobre outros problemas médicos que você tenha tido no passado. Informe o seu médico sobre quaisquer medicamentos que esteja a tomar.
O seu médico vai observar o seu ouvido usando um instrumento chamado otoscópio. Este instrumento serve para verificar se existem sinais de inflamação e infecção no ouvido externo ou médio, que se possa ter espalhado para o seu ouvido interno (o ouvido interno situa-se muito internamente para ser visto como este instrumento). O seu médico pode olhar para os seus olhos e testar o seu equilíbrio. Ele também pode testar a sua audição (muitas vezes com um diapasão). Os médicos também podem mover a cabeça em determinadas posições para ver se ocorrem tonturas.
Se o seu médico pensar que você tem labirintite, ele podem encaminhá-lo a um especialista para uma investigação mais aprofundada. Este pode ser um especialista de ouvidos, nariz e garganta ou um especialista audiovestibular. Um especialista audiovestibular é um médico que se especializa na identificação e tratamento de condições que afetam a audição e equilíbrio. Você pode ter de ser sujeito a uma série de testes para verificar a forma com está a funcionar a sua audição e para verificar o quão bem o seu sistema vestibular está a funcionar.
Provavelmente você não será sujeito a exames de sangue, a menos que o seu médico possa achar que você pode ter uma infecção bacteriana. Isto é mais provável de ocorrer numa criança pequena.
O seu médico pode ainda sugerir que você seja sujeito a uma ressonância magnética ou a um scan de tomografia computadorizada. Estes exames podem ajudar a excluir outras causas de vertigem e de perda auditiva.


Tratamento de labirintite

Na maioria dos casos de labirintite, esta torna-se uma condição auto-limitada, e geralmente melhora por conta própria (eventualmente). A maioria das pessoas pode ser tratada em casa através de auto-cuidados, em conjunto com medicamentos para aliviar os sintomas. Muito ocasionalmente, algumas pessoas podem precisar de ser admitidas num hospital se o vômito for muito grave.


Auto-ajuda

No início, quando a vertigem e a doença são piores, você pode precisar de descansar na cama. Durante um ataque de vertigem, pode ser útil fechar os olhos até que ele passe. Lembre-se de manter os seus níveis de fluidos através da ingestão de água suficiente, especialmente se você tiver vômitos.
É importante que você não pegue num carro, trabalhe em altura ou opere máquinas quando apresenta sintomas associados a labirintite.
Se os sintomas piorarem quando você estiver em casa ou você verificar o desenvolvimento de novos sintomas, contate o seu médico.


Medicamentos

O seu médico pode prescrever medicamentos para ajudar a melhorar as vertigens, náuseas e vômitos. Alguns destes medicamentos podem causar sonolência, pelo que você pode não ser capaz de dirigir. Fale com o seu médico sobre a forma como o seu medicamento pode afetá-lo e leia sempre o folheto informativo que acompanha o medicamento.
O seu médico também pode recomendar um curso curto de comprimidos de corticosteroides. Estes são medicamentos que reduzem a inflamação.
Os antibióticos não funcionam para a labirintite viral, mas se você tiver labirintite bacteriana você vai precisar de os usar. O seu médico pode tomar um cotonete do ouvido e enviá-lo para um laboratório, para testes. Isto pode ajudar o médico a perceber qual o antibiótico certo para o seu caso em concreto. Dependendo da gravidade da sua infecção, podem ser administradas gotas no seu ouvido, comprimidos ou medicamentos por via intravenosa (na veia).


Terapia de reabilitação vestibular

Se você ainda sentir tonturas e instabilidade depois de algumas semanas, o seu médico pode sugerir terapia de reabilitação vestibular. Esta terapia é constituída por uma série de exercícios especialmente concebidos e supervisionados por um fisioterapeuta (um profissional de saúde que é especializado na manutenção e melhoria de circulação e mobilidade). Estes exercícios ensinam o seu cérebro a usar as informações dos seus olhos, articulações e músculos, para compensar informações confusas do seu ouvido interno. A terapia de reabilitação vestibular pode ajudar com os problemas de equilíbrio, permitindo caminhar e tornar as atividades diárias mais fáceis. Inicialmente, você pode sentir-se mais instável, mas isso vai melhorar com o tempo. Fale com o seu médico para obter mais informações sobre a reabilitação vestibular.

Também poderá gostar de ler:

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL