terça-feira, 19 de setembro de 2017

Frieiras - Causas, sintomas e tratamento

Frieiras causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção riscos complicações
Frieiras são uma inflamação dolorosa de pequenos vasos sanguíneos existentes na pele que ocorrem em resposta à exposição repetida ao ar frio, mas não congelamento. Também conhecida como pernio, as frieiras podem causar coceira, manchas vermelhas, inchaço e formação de bolhas nas suas mãos e pés.
Geralmente, as frieiras desaparecem ao fim de uma a três semanas, especialmente se o tempo ficar mais quente. Você pode ter recorrências sazonais durante anos. O tratamento envolve proteger-se do frio e usar loções para aliviar os sintomas. As frieiras não costumam resultar em danos permanentes, mas a condição pode levar a infecção, o que pode causar danos severos, se forem deixadas sem tratamento.
A melhor abordagem para as frieiras é evitar o seu desenvolvimento, limitar a exposição ao frio, vestir-se calorosamente e cobrir a pele exposta.

Sintomas de frieiras

Sinais e sintomas associados a este tipo de inflamação frieiras podem incluir:
  • Pequenas áreas vermelhas na pele que motivam coceira, muitas vezes nos pés ou mãos
  • Possíveis bolhas ou úlceras da pele
  • Inchaço da pele
  • Sensação de queimadura na pele
  • Alterações na cor da pele, de vermelho para azul escuro, acompanhadas de dor

Causas de frieiras

Ninguém sabe exatamente o que causa as frieiras. Estas, podem resultar de uma reação anormal do seu corpo para a exposição ao frio, seguida de reaquecimento. O reaquecimento da pele fria pode fazer com que pequenos vasos sanguíneos sob a pele possam expandir-se mais rapidamente do que os vasos sanguíneos próximos maiores. Isto resulta num efeito de gargalo e o sangue vaza para os tecidos circundantes.

Fatores de risco para frieiras

Os fatores que podem aumentar o risco de ocorrêencia das frieiras incluem:
  • Roupas apertadas ou exposição da pele ao frio. Usar roupas e sapatos apertados no tempo frio e úmido podem torná-lo mais suscetível a frieiras. A pele que se encontra exposta a condições de frio e úmidade são favoráveis ao desenvolvimento deste tipo de inflamação.
  • Sexo e peso. As mulheres são mais propensas a obter frieiras do que as crianças e os homens. Além disso, as pessoas que pesam cerca de 20 por cento menos do que o normal para a sua altura, têm um risco aumentado para esta condição.
  • Ambiente e estação. As frieiras são menos propensas em áreas mais frias e secas, porque as condições de vida e de vestuário utilizadas nestas áreas levam a uma maior proteção contra o frio. O risco de obter frieiras é maior se você viver numa área com alta umidade e frio, mas não congelação.
  • Ter má circulação. As pessoas com má circulação tendem a ser mais sensíveis às mudanças de temperatura, tornando-as mais suscetíveis a frieiras.
  • Depois de ter sido diagnosticado com a doença de Raynaud. As pessoas com doença de Raynaud são mais suscetíveis a frieiras. Apesar de qualquer condição poder resultar em feridas, a doença de Raynaud promove diferentes tipos de alterações de cor na pele.

Complicações associadas a frieiras

As frieiras podem causar complicações se ocorrerem bolhas na pele. Se isso acontecer, você pode desenvolver úlceras e infecções. Para além de serem dolorosas, as infecções deixadas sem tratamento podem, potencialmente, motivar risco de vida. Consulte um médico se você suspeitar de infecção.

Quando consultar um médico

Normalmente, as frieiras vão melhorar por conta própria. Procure assistência médica para verificar se existem complicações se a dor for extraordinariamente grave, se você suspeitar de uma infecção, ou se os seus sintomas não estiverem a melhorar, após uma a duas semanas. Se os sintomas se estenderem até à estação quente, consulte um médico para descartar outras condições.
Se você tiver diabetes ou má circulação, a cura das frieiras pode ser prejudicada. Seja cauteloso e procure cuidados médicos.

Diagnóstico de frieiras

Geralmente, você não precisa de consultar o seu médico por causas das frieiras. Se você consultar o seu médico, ele será capaz de diagnosticar a sua condição de pele, olhando para ela e falando com você sobre qualquer exposição recente ao frio. O exame também pode incluir a verificação da sua circulação. O médico pode promover mais testes, como uma biópsia da pele, para descartar outras causas para os seus sinais e sintomas.

Tratamento de frieiras

Para os adultos cujas frieiras não esclarecem com remédios caseiros, o tratamento pode incluir a prescrição de medicamentos. Estes incluem:
  • Corticosteroide tópico. Um corticosteroide tal como triamcinolona pode ser aplicado na área afetada.
  • Medicamentos para pressão arterial. Um medicamento para baixar a pressão, chamado nifedipina (Procardia), pode ajudar a abrir os vasos sanguíneos.

Estilo de vida e remédios caseiros para frieiras

Geralmente, as frieiras curam-se no espaço de uma a três semanas após a exposição ao frio. Enquanto isso, você pode tomar medidas para aliviar os seus sinais e sintomas, incluindo:
  • Reaquecimento suave da pele afetada, sem massagear, esfregar ou aplicação de calor direto
  • Evitar a exposição ao frio, sempre que possível
  • Manter a pele afetada seca e quente, mas longe de fontes de calor
  • Aplicar loção para aliviar a coceira
  • Certificar-se de que a pele afetada é limpa com anti-séptico e enfaixada para evitar infecções
  • Evitar coçar

Prevenção de frieiras

Para evitar frieiras considere:
  • Evitar ou limitar a sua exposição ao frio.
  • Vestir-se com camadas de roupa solta e usar luvas e calçado quente e resistente à água.
  • Cobrir toda a pele exposta tão completamente quanto possível, quando permanecer no tempo frio.
  • Manter as mãos, pés e rosto secos e quentes.
  • Manter a sua casa e local de trabalho confortavelmente quentes.
  • Não fumar.
Se a sua pele for exposta ao frio, torna-se necessário reaquecê-la gradualmente, porque um repentino reaquecimento da pele fria pode piorar as frieiras.

Também poderá gostar de ler:

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL