sábado, 24 de setembro de 2016

Rotavirus

Rotavirus causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção riscos complicações
Rotavírus é uma infecção que provoca diarreia. Esta é a causa mais comum de diarreia em lactentes e crianças em todo o mundo, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças. Antes do desenvolvimento de uma vacina, a maioria das crianças tiveram pelo menos um ataque com rotavírus por volta dos 5 anos de idade.
Embora as infecções por rotavírus sejam desagradáveis, geralmente podem tratar-se em casa com a ingestão de muitos líquidos para evitar a desidratação. Ocasionalmente, a desidratação grave requer fluidos intravenosos no hospital. A desidratação é uma complicação grave do rotavírus e uma das principais causas de morte de crianças em países em desenvolvimento.
A vacinação pode ajudar a prevenir a infecção por rotavírus no seu bebê. Para crianças mais velhas e adultos (que não são tão propensos a desenvolver sintomas graves de rotavírus) a lavagem das mãos frequente é a melhor linha de defesa.

Sintomas de rotavirus

Geralmente, a infecção por rotavírus começa dentro de dois dias após exposição ao vírus. Os sintomas iniciais são febre e vômitos, seguidos de três a sete dias de diarreia aquosa, mas a infecção também pode causar dor abdominal.
Em adultos que são saudáveis, a infecção por rotavírus pode causar apenas sinais e sintomas leves, mas também pode não apresentar nenhum sintoma.

Tratamento para rotavirus

Não existe nenhum tratamento específico para a infecção por rotavírus. Antibióticos e antivirais não vão ajudar a combater a infecção por rotavírus. Normalmente, a infecção desaparece dentro de três a sete dias.
Prevenir a desidratação será a maior preocupação. Para evitar a desidratação, enquanto o vírus segue o seu curso, beba muitos líquidos. Se a criança tiver diarreia grave, pergunte ao seu médico sobre a utilização de um fluido de reidratação oral, como Pedialyte, especialmente se a diarreia durar mais do que alguns dias.
Para as crianças, um fluido de reidratação pode substituir minerais perdidos de forma mais eficaz do que a água ou outros líquidos. A desidratação grave pode exigir fluidos intravenosos no hospital.
Medicamentos anti-diarreicos não são recomendados para uma infecção por rotavírus.

Também poderá gostar de ler:

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL