quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Encoprese - Causas e tratamento de encoprese

Encoprese causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção riscos complicações
Se uma criança com idade superior a 4 amos, depois de ter sido ensinada a usar a usar o banheiro, começar a passar fezes e a sujar as roupas de novo, isso é chamado de encoprese. A criança pode ou não estar a fazer isso de propósito.

Causas de encoprese

Geralmente, a criança tem prisão de ventre. As fezes ficam duras, secas, e presas no cólon (chamada impactação fecal). A criança passa então fezes molhadas ou quase líquidas que fluem em torno das fezes duras, que podem sair durante o dia ou noite.

Outras causas de encoprese podem incluir:
  • Uma criança não ter sido treinada para utilizar o banheiro
  • Iniciar o treinamento de toalete quando a criança ainda é muito jovem
  • Problemas emocionais, como o transtorno desafiador opositivo
  • Transtorno de conduta
Seja qual for a causa, a criança pode sentir vergonha, culpa, ou baixa auto-estima, e pode esconder sinais de encoprese.

Sintomas de encoprese

Os sintomas de encoprese podem incluir:
  • Incapacidade de segurar as fezes antes de chegar a um banheiro (incontinência intestinal)
  • Passagem das fezes em locais inadequados (como na roupa da criança)
  • Manter as evacuações em segredo
  • Ter constipação e fezes duras
  • Passar, por vezes, uma grande quantidade de fezes que quase bloqueia o vaso sanitário

Fatores de risco para encoprese

Fatores que podem aumentar o risco de encoprese incluem:
  • Ser do sexo masculino
  • Constipação crônica
  • Baixo nível socioeconômico

Tratamento para encoprese

O objetivo do tratamento da encoprese inclui:
  • Prevenir a constipação
  • Manter bons hábitos intestinais
É melhor para os pais, que este possam apoiar, em vez de criticar ou desencorajar a criança.
Os tratamentos podem incluir:
  • Dar laxantes ou enemas à criança para remover as fezes secas e duras.
  • Implementar uma dieta rica em fibras (frutas, legumes, cereais integrais) e ingestão de bastantes líquidos para manter as fezes macias e confortáveis.
  • Tomar óleo mineral aromatizado por um curto período de tempo. Este, será apenas um tratamento de curta duração, porque o óleo mineral interfere com a absorção de cálcio e de vitamina D.
  • Consultar um gastroenterologista pediátrico quando estes tratamentos não são suficientes. O médico pode usar biofeedback, ou ensinar os pais e a criança a gerenciar a condição.
  • Consultar um psicoterapeuta para ajudar a criança a lidar com a vergonha e culpa associada, ou perda de auto-estima.
  • Para encoprese sem constipação, a criança pode precisar de uma avaliação psiquiátrica para encontrar a causa.
Postar um comentário
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL