domingo, 25 de setembro de 2016

Dentes do siso

Dentes do siso o que são quando nascem tratamento
Os dentes do siso são o terceiro e último conjunto de molares que a maioria das pessoas começa a ter no final da adolescência ou por volta dos vinte anos. Por vezes, estes dentes podem ser um recurso valioso para uma boca saudável e alinhada corretamente, mas mais frequentemente, eles ficam desalinhados e exigem a sua remoção.
Quando os dentes estão desalinhados, podem posicionar-se na horizontal, ficar inclinados para perto ou para longe dos segundos molares, ou ficar inclinados para dentro ou para fora. Um mau alinhamento dos dentes pode danificar os dentes adjacentes, a queixada ou nervos.
Os dentes de siso também podem ser impactados (ficarem colocados no interior do tecido mole e/ou no osso maxilar, ou podem romper apenas parcialmente ou irromper através da gengiva). Uma erupção parcial permite uma abertura para a entrada de bactérias em torno do dente e causar uma infecção, o que resulta em dor, inchaço, rigidez da mandíbula e doença geral. Dentes parcialmente rompidos também são mais propensos a cárie dentária, porque a sua localização de difícil alcance e posicionamento estranho faz com que a escovação e uso do fio dental se tornem difíceis.

Como saber se tem dentes do siso

Pergunte ao seu dentista sobre o posicionamento dos seus dentes de siso. Ele pode tirar um raio-X periodicamente para avaliar a presença e alinhamento dos seus dentes. O dentista também pode decidir recorrer a um cirurgião oral para posterior avaliação.
O seu dentista ou cirurgião oral podem recomendar que o seu dente do siso seja extraído antes mesmo de surgirem problemas. Isto é feito para evitar uma extração mais dolorosa ou mais complicada, que pode ter de ser feita alguns anos mais tarde. A remoção é mais fácil nos jovens, quando as raízes dos dentes ainda não estão plenamente desenvolvidas e o osso é menos denso. Em pessoas mais velhas, a recuperação e tempo de cura tendem a ser mais longos.


Como são os dentes do siso

A relativa facilidade com que o seu dentista ou cirurgião oral podem extrair os dentes depende da sua posição e estágio de desenvolvimento. O seu provedor de cuidados de saúde oral será capaz de lhe dar uma ideia do que pode esperar durante o exame pré-extração. Um dente do siso que tenha rompido totalmente a gengiva pode ser extraído tão facilmente como qualquer outro dente. No entanto, um dente do siso que esteja por baixo das gengivas e incorporado no maxilar, irá requerer uma incisão na gengiva e, em seguida, a remoção da porção de osso que se encontra sobre o dente. Muitas vezes, para um dente nesta situação, o dente vai ser extraído em pequenas secções, em vez de ser removido de uma só vez, para minimizar a quantidade de osso que necessita de ser removido para remover o dente.

Também poderá gostar de ler:

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL