domingo, 4 de setembro de 2016

Câncer colorretal - Causas e tratamento de câncer colorretal

Câncer colorretal causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção riscos complicações
Câncer colorretal é um crescimento descontrolado de células anormais no cólon e/ou reto. Juntos, o cólon e reto compõem o intestino grosso. O intestino grosso transporta resíduos a partir do intestino delgado e elimina-os através do ânus.

Causas de câncer colorretal

Geralmente, o câncer colorretal começa como um pequeno crescimento (pólipo) no interior do intestino grosso. Os pólipos que não são removidos, eventualmente, podem tornar-se cancerosos.

Sintomas de câncer colorretal

Geralmente, os pólipos e câncer colorretal em fase precoce não causam sintomas. Assim, geralmente, apenas são diagnosticados durante exames de triagem.
Um câncer mais avançado pode causar:
  • Mais ou menos frequentes movimentos intestinais do que o habitual
  • Diarreia ou obstipação
  • Sangue nas fezes (vermelho brilhante, preto ou muito escuro)
  • Fezes estreitadas (com a espessura de um lápis)
  • Distensão abdominal, plenitude ou dores de estômago
  • Dores devifo a gases frequentes
  • A sensação de que o intestino não esvazia completamente
  • Perda de peso sem fazer dieta
  • Fadiga contínua

Fatores de risco para câncer colorretal

Fatores de risco para câncer colorretal incluem:
  • O aumento da idade
  • História familiar de câncer colorretal
  • História pessoal de câncer colorretal
  • História pessoal de pólipos
  • Doença inflamatória do intestino, incluindo colite ulcerativa e doença de Crohn persistente
  • Dieta pobre em fibras e rica em gordura saturada
  • Estilo de vida sedentário
  • Raça e etnia (por exemplo, nos EUA, os nativos do Alasca têm maior risco)

Diagnóstico para câncer colorretal

Se o seu médico suspeitar de câncer colorretal, ele irá realizar uma sigmoidoscopia ou colonoscopia. Isto é feito com um tubo flexível com uma câmara montada numa extremidade. O médico insere o tubo até alcançar o reto e cólon para procurar pólipos ou câncer.
Nalguns casos, o médico pode recomendar uma biópsia. Um médico ou cirurgião remove um pequeno pedaço de tecido para ser examinado num laboratório.
O médico também pode realizar outros testes laboratoriais e de imagem. Estes podem incluir raios-x, exames de tomografia computadorizada (TC) e exames de sangue.

Tratamento para câncer colorretal

A cirurgia é o principal tratamento para o câncer colorretal. Você também pode ser sujeito a quimioterapia ou radioterapia.
A extensão da cirurgia e a necessidade de tratamento após a cirurgia depende de:
  • Se o câncer se encontra no cólon ou no reto.
  • A fase da doença. Os estágio do câncer depende de quão longe o câncer se espalhou. 
Seguem-se os estágios do câncer colorretal, junto com recomendações para o tratamento necessário (para além da cirurgia):
  • Estágio I- O câncer permanece dentro da camada interior do cólon ou do revestimento retal e torna-se improvável que o médico possa recomendar qualquer tratamento adicional, para além da necessidade de acompanhamento regular após a cirurgia, para remover pólipos ou câncer.
  • Estágio II. O câncer cresce através da parede retal interior ou do revestimento interno do cólon e das camadas subjacentes, não tendo quebrado através da parede do cólon. Geralmente, o tratamento adicional não é recomendado após a cirurgia.
  • Estágio III. O câncer cresce através do cólon ou da parede retal, mas não se espalha para os nódulos linfáticos próximos. O médico pode recomendar quimioterapia após a cirurgia para alguns casos de câncer de cólon. Para o câncer retal, a quimioterapia e a radiação podem ser usadas antes ou após a cirurgia.
  • Estágio IV. O câncer espalha-se para órgãos distantes. O tratamento pós-operatório consiste em quimioterapia, terapia de radiação, ou ambos, para aliviar os sintomas de câncer avançado e, no caso de câncer retal, para prevenir o bloqueio do reto. Ocasionalmente, a cirurgia é necessária para remover o câncer a partir dos locais para onde se espalhou.
Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL