segunda-feira, 10 de julho de 2017

Broncoscopia - O que é, para que serve

Broncoscopia para que serve como preparar como se faz riscos
A broncoscopia é um exame das maiores vias aéreas (traqueia e brônquios) que utiliza um instrumento chamado broncoscópio. O broncoscópio é um tipo de endoscópio, que é um instrumento flexível que visualiza o interior do corpo usando a tecnologia de fibra óptica (filamentos muito finos que podem dobrar e transportar luz). Na broncoscopia, o médico pode olhar diretamente para dentro das passagens respiratórias maiores, para verificar sinais de tumores, podendo ainda recolher amostras de fluidos ou tecidos pulmonares, se tal se tornar necessário.
Durante a broncoscopia, um broncoscópio flexível é inserido através da boca ou do nariz, e em seguida, passa lentamente para dentro da traqueia e brônquios. Para limitar o desconforto, o nariz ou boca serão anestesiados previamente com um anestésico local e um sedativo que pode ser injetado nas veias. O procedimento de broncoscopia em si, normalmente leva cerca entre 30 a 60 minutos, sem contar o tempo de preparação.
Por vezes utiliza-se um broncoscópio rígido, em vez de um instrumento de fibra óptica flexível. O instrumento rígido não se dobra, e não permite visualizar tão bem os pulmões como um instrumento flexível, podendo ter um maior risco de causar danos a estruturas próximas. Atendendo a que pode causar mais desconforto do que um broncoscópio flexível, ele requer anestesia mais forte, e geralmente é realizado numa sala de cirurgia de um hospital. No entanto, em certas condições torna-se útil, tais como no caso de se pretender conseguir a recolha de grandes amostras de tecido, no tratamento de certos cânceres e remoção de corpos estranhos.


Para que é usada uma broncoscopia

A broncoscopia é usada para que um médico possa olhar para a traqueia e brônquios de modo direto. Isto pode ser necessário para o diagnóstico de tumores pulmonares, infecções tais como a tuberculose ou condições inflamatórias dos pulmões. Ela também é usada para verificar as vias aéreas, para procurar e constatar sinais de hemorragia, e para parar o sangramento ou para remover objetos. Se o médico visualizar uma área que se torna suspeita durante a broncoscopia, um apetrecho pode ser colocado na extremidade do broncoscópio para retirar uma pequena amostra de tecido, de modo a poder ser analisado num laboratório.

Preparação da broncoscopia

Atendendo a que o paciente deverá ficar um pouco grogue após o procedimento de broncoscopia, este não deve dirigir. Certifique-se de pedir a um amigo ou membro da família para ajudá-lo a chegar a casa.
Na altura de realizar a broncoscopia, o médico vai querer saber se você tem quaisquer problemas de sangramento ou algum tipo de alergia a medicamentos ou anestésicos. Você também deve informar o médico sobre qualquer medicamento que esteja a tomar ou que tenha deixado de tomar recentemente. Você será informado para não tomar certos medicamentos antes do procedimento. Em particular, diluentes do sangue e fármacos anti-inflamatórios não esteróides (AINEs) podem causar hemorragia excessiva durante o procedimento. Se você tiver algum dente solto, informe o médico antes da broncoscopia começar. Além disso, se você estiver grávida ou se houver qualquer chance de que você possa estar grávida, informe o médico.
O seu médico irá pedir-lhe para não comer ou beber nada durante cerca de 6 a 12 horas antes da sua broncoscopia. Se você fuma, provavelmente, o médico irá pedir-lhe para parar de fumar durante cerca de 24 horas antes do procedimento. Você também vai precisar de remover quaisquer dentaduras, óculos, lentes de contato ou jóias.

Como se realiza uma broncoscopia

Os seus sinais vitais (temperatura, pulso, pressão arterial e frequência respiratória) serão medidos e registados. Um dispositivo chamado oxímetro de pulso pode ser anexado ao seu ouvido, dedo ou pé para monitorar o nível de oxigênio no sangue. Um tubo estéril será colocado numa veia do seu braço para que você possa receber a medicação para aliviar o desconforto.
Você vai deitar-se numa mesa de exame com a cabeça sobre um travesseiro, e vai receber medicação para entorpecer o seu nariz ou garganta. O médico irá passar o broncoscópio flexível de modo delicado através do nariz ou boca, e em seguida, este passará para a traqueia e vias aéreas inferiores. Embora você não seja capaz de falar, você será capaz de respirar, e um assistente do médico irá dar-lhe oxigênio extra, se tal for necessário. Dependendo da finalidade da broncoscopia, o médico pode usar acessórios especiais para colher amostras de fluido ou tecido de dentro dos seus pulmões.


Acompanhamento médico após uma broncoscopia

Após a broncoscopia, você será observado até se sentir suficientemente bem para sair do hospital. Já que você não vai poder dirigir, um amigo ou membro da família deverá estar presente para ajudá-lo a chegar a casa com segurança. O seu médico irá dizer-lhe quando é que você pode voltar a comer e beber, e quando é que você poderá retornar às suas atividades diárias normais.
A sua garganta pode sentir dor ou sentir uma sensação de secura após o procedimento. Pergunte ao seu médico sobre pastilhas calmantes ou gargarejos que possa usar em casa.


Riscos associados a broncoscopia

Durante a broncoscopia existe um risco remoto de existir uma reação alérgica aos anestésicos utilizados, havendo também um risco de que o broncoscópio possa ferir o seu nariz, partes da boca ou garganta, dentes ou vias respiratórias, ou que possa perfurar o pulmão. Complicações médicas raras incluem ritmos cardíacos anormais, ataque cardíaco e baixos níveis de oxigênio no sangue.

Após uma broncoscopia, quando consultar um médico


Consulte imediatamente o seu  médico se você começar a tossir sangue após a broncoscopia, ou se você tiver falta de ar, dor no peito, pieira ou dificuldade para respirar. Consulte também o seu médico se você desenvolver uma febre, com ou sem quaisquer problemas respiratórios.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL