segunda-feira, 3 de julho de 2017

Pé de atleta - Causas, sintomas e tratamento

Pé de atleta causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção riscos complicações
O pé de atleta é uma infecção do pé comum causada por fungos denominados dermatófitos. Encontrado em muitos locais diferentes (interiores e exteriores), os dermatófitos são especialmente comuns em ambientes quentes e úmidos de piscinas, chuveiros, vestiários e outras instalações desportivas, onde as pessoas andam com os pés descalços. Uma vez que os dermatófitos contaminam a pele do pé, o ambiente quente e úmido de meias suadas e sapatos incentiva-os a crescer.

Sintomas de pé de atleta

Os sintomas associados a este tipo de infecção  incluem:
  • Coceira intensa dos pés
  • Rachas, bolhas ou descamação nas áreas de pele, especialmente entre os dedos
  • Vermelhidão e descamação nas solas dos pés
Na maior parte dos casos, os sinais de infecção são visualizados na pele de membranas entre os dedos dos pés. Em algumas pessoas, a infecção espalha-se para uma ou mais unhas dos pés, fazendo com que o dedo possa parecer invulgarmente espesso e com uma cor amarelada nublado.


Quando consultar um médico

Se você acha que tem esta condição tente uma pomada, creme ou pó antifúngico de venda livre. Mantenha os seus pés secos e limpos. Se estas medidas não ajudarem, agende uma consulta médica. Consulte o seu médico para uma avaliação e um tratamento mais urgente se você verificar que a vermelhidão se espalha ou se você notar que tem uma febre.
Se você tiver diabetes e quaisquer problemas nos pés, consulte o seu médico imediatamente. Pessoas com diabetes obtêm infecções de pele facilmente, pelo que, elas devem consultar um médico logo que algo de anormal apareça nos seus pés.

Diagnóstico para pé de atleta

O seu médico irá formular perguntas sobre os seus sintomas e sobre os fatores que aumentam a probabilidade de desenvolver pé de atleta, como o uso de instalações desportivas públicas ou chuveiros em clubes. O seu médico irá perguntar sobre o tipo de sapatos e meias que você usa, que tipo de trabalho você faz e o que você usa nos seus pés para trabalhar.
Geralmente, o seu médico pode diagnosticar esta infecção olhando simplesmente para os seus pés. Para confirmar o diagnóstico, o médico pode raspar alguns flocos de pele duma parte escamosa do pé com uma lâmina. Os dermatófitos que causam a infecção, muitas vezes são confirmados sob um microscópio.

Tratamento para pé de atleta

Os médicos costumam começar a tratar esta condição com medicamentos antifúngicos aplicadas nos pés. Estes medicamentos incluem ciclopirox (Loprox), clotrimazol (Lotrimin, Mycelex), econazole (Spectazole), cetoconazol (Nizoral), miconazol (Micatin), naftifine (Naftin), oxiconazol (Oxistat), sulconazole (Exelderm), terbinafina (Lamisil), terconazol (Terazol), e tolnaftato (Desenex, Tinactin e outros). Alguns estão disponíveis sem receita médica. O tratamento pode demorar muitas semanas. Para pessoas com pé de atleta recorrente, antifúngicos tópicos podem aliviar os sintomas sem realmente curar a infecção.
Medicamentos por via oral podem ser mais bem sucedidos para curar uma infecção. No entanto, você ainda pode ser suscetível a recorrências, e as medicações orais podem ser mais propensas a causar efeitos colaterais. Estas exigem receita médica e incluem griseofulvina (Fulvicin, Grifulvin, Grisactin), itraconazol (Sporanox) e terbinafina (Lamisil).


Prognóstico para pé de atleta

Geralmente, várias semanas de tratamento com uma medicação aplicada nos pés pode curar a infecção em pessoas com sintomas recentes ou de curto prazo. Infecções crônicas ou recorrentes devidas ao pé de atleta também podem ser curadas desta forma, mas podem exigir mudanças significativas nos cuidados com os pés e várias semanas de tratamento. Casos mais graves podem exigir uma medicação oral. Mesmo após um tratamento bem sucedido, as pessoas continuam em risco de re-infecção se não seguirem as orientações de prevenção. As recaídas são comuns.


Duração do pé de atleta

Geralmente, nesta condição, decorrem várias semanas ou meses para que a infecção possa responder ao tratamento. Mesmo após um tratamento médico adequado, a infecção pode retornar facilmente se os seus pés forem novamente expostos a fungos. Por esta razão, muitas pessoas têm infecção no pé que dura ou volta durante muitos anos. Para que se possa resolver de forma definitiva o pé de atleta, muitas vezes, a infecção exige mudanças na forma como você cuida dos seus pés e na forma como usa os pés.

Prevenção de pé de atleta

Você pode ajudar a prevenir este problema ao manter os pés limpos e secos. Mais especificamente, você pode tentar o seguinte:
  • Lavar os pés todos os dias e usar um par de meias limpo após o banho ou duche.
  • Tirar um tempo para secar os pés, incluindo cada dedo do pé (especialmente a área de membranas entre os dedos) depois de tomar banho, duche ou depois de nadar.
  • Se você usar piscinas públicas ou chuveiros, usar sandálias para impedir que os seus pés descalços toquem pisos contaminados com fungos.
  • Escolher sapatos de couro em vez de vinil, já que os sapatos de pele permitem um melhor “respirar” dos seus pés, possibilitando que estes se mantenham mais secos.
  • Usar meias de algodão para absorver o suor.
  • Se possível, não usar o mesmo par de sapatos dois dias seguidos. Deixe os seus sapatos arejar e secar durante 24 horas.
  • Não compartilhar sapatos.
Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL