segunda-feira, 11 de julho de 2016

Hematoma - Causas e tratamento de hematoma

Hematoma causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção riscos complicações
Hematoma é o resultado de uma hemorragia interna, podendo ser resultado de uma queda, acidente ou de algumas causas semelhantes, que provocam hemorragia. Quando ocorre um vazamento de vasos sanguíneos no tecido circundante forma-se um hematoma. Uma lesão ou trauma na parede do vaso sanguíneo pode ocorrer espontaneamente, causando perdas de sangue. Embora a palavra trauma seja frequentemente associada com um ferimento grave, ela também pode referir-se a danos menores. Esta anormalidade ocorre na forma de hematomas ou equimoses. O diagnóstico tem por objetivo principal, identificar se o sangramento é inter-muscular ou intramuscular.

Causas de hematoma

Normalmente, as pessoas obtêm hematomas quando colidem com alguma coisa ou quando alguma coisa esbarra nelas. Estas podem ocorrer em algumas pessoas que se exercitam vigorosamente, como atletas e levantadores de peso. Este tipo de hematomas resulta de lesões microscópicas nos vasos sanguíneos sob a pele.
Contusões inexplicáveis que ocorrem facilmente ou sem motivo aparente podem indicar um distúrbio de sangramento, especialmente se o ferimento for acompanhado de hemorragias nasais frequentes ou sangramento nas gengivas.
Muitas vezes, pensa-se que, por exemplo, as contusões inexplicáveis na perna ou na coxa, são na verdade, o resultado de colisões num pé da cama ou noutro objeto de que a pessoa não se lembra.
Contusões em idosos ocorrem frequentemente porque a sua pele torna-se mais fina com a idade e os tecidos que suportam os vasos sanguíneos subjacentes tornam-se mais frágeis.
Os hematomas também são mais comuns em pessoas que tomam medicamentos para diluir o sangue.


Sintomas de Hematoma

Hematoma surge, mais comumente, na forma de uma contusão grave. O sangue acumulado é visível sob a superfície da pele, em grande parte devido ao acúmulo que ocorre fora dos vasos sanguíneos. Existem formações que se assemelham por vezes a vergões, e a área é normalmente esticada e dura. Este sinal é principalmente devido à resposta do organismo. O corpo cria uma bolsa de sangue para evitar o sangramento externo excessivo (do lado de fora dos vasos sanguíneos). Enquanto que na maior parte do tempo, esta bolsa eventualmente se dissolve, existem poucos casos em que quando cresce se torna dolorosa ao toque. Neste último caso, a bolsa é removida cirurgicamente. Hematomas migram no tecido conjuntivo e, portanto, não é incomum verifica-los por vezes em todo o membro, dando uma tonalidade azul e mobilidade reduzida.


Em caso de hematoma, quando consultar o médico

Consulte o seu médico se:
  • Observar inchaço muito doloroso na área machucada
  • Ainda estiver com dor, três dias após uma lesão aparentemente menor
  • Tiver hematomas frequentes, grandes ou dolorosos, particularmente se os hematomas aparecerem no tronco, costas ou rosto, ou parecerem desenvolver-se sem razões conhecidas
  • Tiver hematomas fáceis e uma história de sangramento importante, como durante um procedimento cirúrgico
  • Observar um hematoma fixo sobre a contusão
  • Estiver com sangramento anormal noutros locais, como a partir do nariz, nas gengivas ou na urina ou fezes
  • De repente, começar a ter contusões, mas não tem nenhum histórico de contusões
  • Tiver uma história familiar de hematomas ou sangramentos fáceis
Estes sinais e sintomas podem indicar um problema mais grave, tal como um problema de formação de coágulos sanguíneos ou doenças relacionadas com o sangue.

Diagnóstico de hematoma

Se uma lesão for obviamente uma contusão e o médico não suspeitar de algum osso quebrado, provavelmente, o médico não irá realizar muitos testes.
Se houver inchaço ou dor grave, o médico pode querer um raio-X da área para se certificar de que não existem ossos quebrados.
Se ocorrerem hematomas frequentemente e sem motivo aparente, o médico pode testar o seu sangue para procurar um distúrbio de sangramento.
Alguns hematomas, padrões de contusões ao longo do tempo e em vários estágios de cicatrização podem alertar o médico para a possibilidade de abuso físico.

Tratamento de hematoma

Hematomas que são intracranianos na sua natureza precisam de ser tratados imediatamente. No caso de contusões, a aplicação de gelo reduz o fluxo sanguíneo, sendo ainda eficaz para reduzir a hemorragia e edema. Elevar o membro também se torna conveniente. À medida que o sangue flui para fora da área, também ocorre uma redução considerável no inchaço. É muito importante repousar o membro e prevenir qualquer lesão. Dependendo da causa da condição, as toalhas quentes ou almofadas de aquecimento também podem ser utilizadas, acelerando a reparação. As aplicações quentes e frias devem suceder-se, necessariamente nesta ordem. Por vezes, uma ligadura de pressão é usada, no entanto, se estes procedimentos não funcionarem na maior parte do tempo, quando ocorre desenvolvimento da infecção, dor, febre e pus, deve consultar-se um médico, de modo a obter tratamento adequado.

Prevenção de hematoma

Para evitar um hematoma considere:
  • Usar equipamento de proteção (como caneleiras), enquanto pratica esportes de contato tal como futebol.
  • Colocar os móveis longe de portas e caminhos comuns dentro de sua casa.
  • Manter o telefone e cabos elétricos longe de áreas abertas onde você pode tropeçar e cair.
  • Manter os pavimentos secos e tapetes antiderrapantes.
  • Manter o chão livre de desordem, devidamente organizado.
  • Ligar uma pequena luz durante a noite ou usar uma lanterna, se você precisar de caminhar até ao banheiro durante a noite.
  • Se o seu médico receitou medicamentos para afinar o sangue, tenha a certeza de ter um controlo regular e ajustar a medicação, se necessário.
Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL