quarta-feira, 24 de maio de 2017

Fratura de crânio - Causas, sintomas e tratamento

Fratura de crânio causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção riscos complicações
A fratura de crânio é uma fratura ou ruptura nos ossos cranianos.
Fraturas de crânio podem ocorrer com lesões na cabeça. O crânio oferece uma boa proteção para o cérebro. No entanto, um grave impacto ou golpe pode causar a quebra do crânio. Esta condição pode ser acompanhada por concussão ou outra lesão no cérebro.
O cérebro pode ser diretamente afetado por danos no tecido do sistema nervoso e por sangramento. O cérebro também podem ser afetado indiretamente por coágulos sanguíneos que se formam sob o crânio e comprimem o tecido cerebral subjacente (hematoma subdural ou epidural).
Uma fratura simples é uma ruptura no osso, sem danos para a pele.
Uma fratura do crânio linear é uma rutura num osso craniano semelhante a uma fissura fina, sem fragmentação, depressão ou distorção do osso.
A fratura do crânio deprimido é uma rutura num osso craniano com a depressão do osso em direção ao cérebro.

Causas de fratura de crânio

Causas de uma fratura no crânio podem ser motivadas por:
  • Trauma na cabeça
  • Quedas, acidentes automobilísticos, agressões físicas e esportes

Sintomas de fratura de crânio

Sintomas de fratura de crânio podem incluir:
  • Sangramento de feridas, ouvidos, nariz ou ao redor dos olhos
  • Hematomas atrás das orelhas ou sob os olhos
  • Mudanças nas pupilas (tamanhos desiguais sem reação à luz)
  • Confusão
  • Convulsões
  • Dificuldades com o equilíbrio
  • A drenagem de líquido claro ou com sangue das orelhas ou nariz
  • Sonolência
  • Dor de cabeça
  • Perda de consciência
  • Náusea
  • Agitação, irritabilidade
  • Fala arrastada
  • Torcicolo
  • Inchaço
  • Distúrbios visuais
  • Vômitos
Nalguns casos, o único sintoma pode ser uma pancada na cabeça. O hematoma pode levar até 24 horas para se desenvolver.

Primeiros socorros para fratura de crânio

Se você acha que alguém tem uma fratura do crânio:
  • Verifique as vias aéreas, respiração e circulação. Se necessário, inicie a respiração artificial.
  • Evite mover a pessoa (a menos que seja absolutamente necessário) até que chegue ajuda médica. Tente ligar para o número de telefone de emergência médica.
  • Se a pessoa tiver de ser movida, tome cuidado para estabilizar a sua cabeça e pescoço.
  • Coloque as mãos em ambos os lados da cabeça e sob os ombros. Não permita que a cabeça se incline para a frente ou para trás, ou torcer ou virar.
  • Verifique cuidadosamente o local da lesão, mas não investigue em torno do local com um objeto estranho. Pode ser difícil saber se o crânio está fraturado ou deprimido (amassado) no local da lesão.
  • Se houver sangramento aplique uma pressão firme com um pano limpo sobre uma área ampla para controlar a perda de sangue.
  • Se o sangue encharcar não remova o tecido original. Em vez disso, aplique mais panos na parte superior, e continue a aplicar pressão.
  • Se a pessoa estiver a vomitar, estabilize a cabeça e pescoço, e vire cuidadosamente a vítima para o lado, para evitar asfixia em vômito.
  • Se a pessoa estiver consciente e enfrentando algum dos sintomas listados anteriormente, solicite assistência médica urgente (mesmo que o paciente sinta que a ajuda médica não se torna necessária).
  • NÃO mova a pessoa, a menos que seja absolutamente necessário. As lesões na cabeça podem estar associadas a lesões na coluna vertebral.
  • NÃO remova objetos salientes.
  • Não permita que a pessoa continue com atividades físicas.
  • Não se esqueça de assistir a pessoa de perto, até à chegada do médico.
  • NÃO dê à pessoa qualquer medicamento antes de falar com um médico.
  • Não deixe a pessoa sozinha, mesmo que não existam problemas óbvios.

Prevenção de fratura de crânio

Os pais de crianças podem tomar algumas medidas simples para manter os seus filhos afastados de ferimentos na cabeça.
Nem todas as lesões na cabeça podem ser evitadas. Os seguintes passos simples podem ajudar a manter uma criança segura:
  • Use sempre equipamentos de segurança durante as atividades que possam causar um ferimento na cabeça. Estes incluem cintos de segurança ou capacete quando usam a bicicleta ou moto.
  • Ensine a criança a seguir as recomendações de segurança para andar de bicicleta.
  • Não beba e dirija. Não se permita a poder ter um acidente que motive ferimentos graves nos seus filhos.
Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL