domingo, 5 de março de 2017

Concussão - Causas e tratamento de concusão

Concussão causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção riscos
A concussão é um tipo de lesão cerebral traumática que é causada por uma pancada na cabeça ou no corpo, por uma queda, ou por outro tipo de lesão que possa “sacudir” o cérebro dentro do crânio. Embora possa haver cortes ou hematomas na cabeça ou no rosto, podem não existir outros sinais visíveis de uma lesão cerebral.

Uma pessoa não tem de passar por uma perda de consciência para ter uma concussão. Algumas pessoas terão sintomas evidentes de uma concussão, tais como a perda de consciência ou esquecimento do que aconteceu logo antes da lesão. Mas outras pessoas não. Com descanso, a maioria das pessoas recupera totalmente. Algumas pessoas recuperam dentro de algumas horas. Outras pessoas demoram algumas semanas para recuperar.
É importante saber que, depois de uma concussão no cérebro, este fica mais sensível a danos. Assim, enquanto estiver a recuperar, certifique-se de evitar atividades que possam machucar o cérebro novamente.
Em casos raros, as concussões podem causar problemas mais graves. Concussões repetidas ou concussões graves, podem levar a problemas de longa duração com o movimento, aprendizagem ou fala. Devido à pequena chance de ocorrerem problemas graves, é importante entrar em contato com um médico se você ou alguém que você conhece tiverem sintomas de uma concussão.

Causas de concussão

O cérebro é um órgão macio que se encontra cercado por um fluido espinhal, estando protegido por um crânio duro. Normalmente, o fluido em torno do cérebro age como uma almofada que não deixa que o seu cérebro bata no crânio. Mas se a sua cabeça ou corpo forem atingidos, o seu cérebro pode bater no crânio e ficar ferido.
Existem muitas formas de obter uma concussão. Algumas formas comuns incluem brigas, quedas, acidentes de carro e acidentes de bicicleta. Este tipo de lesões também podem acontecer durante a participação em qualquer esporte ou atividade, tais como futebol, boxe, hóquei, futebol, esqui, ou snowboard.

Sintomas de concussão

Nem sempre é fácil saber se alguém tem uma concussão. Você não tem que passar por perda de consciência para ter uma condição deste tipo.
Os sintomas variam de leve a grave e podem durar horas, dias, semanas ou mesmo meses. Se você notar quaisquer sintomas de uma concussão, contate o seu médico.

Os sintomas de uma concussão encaixam em quatro categorias principais:
Pensamento e lembranças:
  • Não pensar de modo claro
  • Não ser capaz de se concentrar
  • Não ser capaz de lembrar novas informações
Físico:
Sensação de cansaço ou falta de energia:
  • Perturbações emocionais e de humor
  • Ficar facilmente chateado ou irritado
  • Tristeza
  • Nervosismo ou ansiedade
  • Tornar-se mais emocional
Dormir:
  • Dormir mais do que o habitual
  • Dormir menos do que o habitual
  • Ter dificuldade em adormecer

Diagnóstico de concussão

Qualquer pessoa que possa ter uma concussão precisa de consultar um médico. Se um médico achar que você tem uma concussão, ele irá fazer perguntas sobre a sua lesão. O seu médico poderá fazer perguntas para testar a sua capacidade de prestar atenção, a sua aprendizagem e memória. O médico também pode tentar descobrir o quão rápido você pode resolver os problemas. Ele também pode mostrar-lhe objetos e depois escondê-los e pedir-lhe para recordar quais os objetos que visualizou. Em seguida, o médico irá verificar a sua força, equilíbrio, coordenação, reflexos e sensações.
Testes neuropsicológicos tornaram-se amplamente utilizados depois de uma concussão. Estes testes são apenas uma das muitas formas que o seu médico tem para descobrir o quão bem você está pensando e lembrando, depois de uma concussão. Estes testes também podem mostrar se você tem quaisquer mudanças nas emoções ou humor.
Por vezes, um médico irá solicitar exames de imagem, como uma tomografia computadorizada ou uma ressonância magnética, para se certificar de que o seu cérebro não está ferido ou a sangrar.

Tratamento de concussão

Depois de recorrer ao médico, algumas pessoas têm que ficar no hospital para serem assistidas. Outras, podem ir para casa com segurança. As pessoas que vão para casa ainda precisam de ser vigiadas de perto para verificar sinais ou mudanças de  comportamento.
O descanso é a forma mais adequada para permitir que o seu cérebro se possa recuperar de uma concussão. O seu médico irá recomendar que você descanse fisicamente e mentalmente para se recuperar de uma concussão. Isto significa evitar esforço físico geral, incluindo esportes ou quaisquer atividades vigorosas, até que você deixe de ter sintomas.
O seu médico pode recomendar que você encurte o seu dia na escola ou no trabalho, faça pausas durante o dia ou reduza as cargas de trabalho da escola ou atribuições de trabalho, até que possa recuperar da concussão.
Com a melhoria dos seus sintomas, você pode (gradualmente) adicionar mais atividades que envolvam o pensamento, como fazer mais trabalho na escola ou atribuições no trabalho, ou aumentando o seu tempo gasto na escola ou no trabalho.
Para dores de cabeça, tente tomar um analgésico como o paracetamol (Tylenol, outros). Evite outros analgésicos, como o ibuprofeno (Advil, Motrin IB, outros) e aspirina, já que existe uma possibilidade de que estes medicamentos possam aumentar o risco de hemorragia.
Alguns estudos têm mostrado evidências de que algumas pessoas que tiveram várias contussões ao longo das suas vidas estão em maior risco de desenvolver uma duradoura e até mesmo progressiva deficiência que limita a sua capacidade de funcionamento.
Ninguém deve voltar a jogar ou praticar atividade vigorosa enquanto os sinais ou sintomas de uma concussão estiverem presentes.

Prevenção de concussão

Algumas dicas que podem ajudar a prevenir ou minimizar o risco de lesões na cabeça incluem:
  • Usar equipamentos de proteção durante esportes e outras atividades recreativas.
  • Usar sempre equipamento de proteção adequado para qualquer esporte e verificar se o equipamento se encaixa corretamente, se está bem preservado e se é usado corretamente. Siga as regras do jogo e pratique o espírito esportivo.
  • Quando praticar ciclismo, motociclismo, snowboard ou quando se envolver em qualquer atividade recreativa que possa resultar em ferimentos na cabeça, use capacete de proteção.
  • Usar um cinto de segurança. Usar um cinto de segurança pode evitar lesões graves, incluindo um ferimento na cabeça durante um acidente de trânsito.
  • Manter a sua casa segura. Mantenha a sua casa bem iluminada e livre de qualquer coisa que possa fazer com que você tropece e caia. Quedas em casa ou nas sua proximidade são a principal causa de lesões na cabeça.
  • Proteger os seus filhos. Para ajudar a diminuir o risco de lesões na cabeça nos seus filhos, bloqueie escadas e instale protetores de janela.
  • Exercitar-se regularmente. Se você for mais velho, exercite-se regularmente para fortalecer os músculos das pernas e melhorar o seu equilíbrio.
  • Educar os outros sobre concussões. Educar treinadores, atletas, pais e outras pessoas sobre as características de uma concussão, como avaliar uma concussão, e como determinar quando é apropriado voltar a jogar ou regressar à escola, podem ajudar a espalhar a consciência e conhecimento sobre concussões. Treinadores e pais também podem ajudar a incentivar o desportivismo.
Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL