sábado, 25 de março de 2017

Alucinação - Causas e tratamento de alucinação

Alucinação causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção riscos complicações
Alucinação pode envolver aspetos sensoriais que motivam (enquanto acordados) uma sensação de realidade, quando a situação foi criada pela mente.

A alucinação comum inclui:
  • Sensações corporais, tais como uma sensação de que algo rasteja sobre a pele ou uma sensação de que existe um movimento dos órgãos internos.
  • Ouvir sons como música, passos, janelas ou portas a bater.
  • Ouvir vozes quando ninguém está a falar (o tipo mais comum de alucinação). Estas vozes podem ser críticas, de cortesia, neutras ou podem comandar ordens para fazer algo que pode causar danos a si ou aos outros.
  • Padrões visuais, vislumbramento de luzes, seres ou objetos que não estão presentes.
  • Cheirar um odor estranho ou agradável.
Nalguns casos, as alucinações são normais. Por exemplo, ouvir a voz ou ver brevemente um ente querido que morreu recentemente, pode ser uma parte do processo de luto.

Causas de alucinação

Existem muitas causas de alucinações, incluindo:
  • Estar bêbado ou drogado
  • Delírio ou demência (alucinações visuais que são as mais comuns)
  • Epilepsia que envolve uma parte do cérebro chamada lobo temporal (alucinações relacionadas a odor são as mais comuns)
  • Febre, especialmente em crianças e idosos
  • Narcolepsia
  • Transtornos mentais, como esquizofrenia e depressão psicótica
  • Problema sensorial, tais como cegueira ou surdez
  • Doença grave, incluindo insuficiência hepática, insuficiência renal, HIV / AIDS e câncer no cérebro
Uma pessoa que começa a ter alucinações e se afasta da realidade deve consultar um profissional de saúde imediatamente. Muitas condições médicas e mentais que podem causar alucinação, podem tornar-se rapidamente emergências médicas. A pessoa não deve ser deixada sozinha. Consulte o seu médico rapidamente ou recorra a uma unidade de emergência.
Uma pessoa que cheira odores que não estão presentes também deve ser avaliada por um profissional de saúde. Estas alucinações podem ser causadas por uma condição médica subjacente grave.


Tratamento para alucinações

O seu médico irá tratar a doença subjacente que está a causar as alucinações. O tratamento pode incluir:
  • Medicação utilizada para esquizofrenia ou demências como a doença de Alzheimer
  • Anticonvulsivantes para tratar a epilepsia
  • O tratamento para degeneração macular, glaucoma e catarata
  • Cirurgia ou radioterapia para tratar tumores
  • Medicamentos chamados triptanos, beta-bloqueadores, ou anticonvulsivos para pessoas com enxaquecas
O seu médico pode prescrever pimavanserin (Nuplazid), que se tem mostrado eficaz no tratamento de alucinações e delírios associados com psicose em alguns doentes com doença de Parkinson.
Sessões com um terapeuta também podem ajudar. Por exemplo, a terapia cognitivo-comportamental, que se concentra em mudanças no pensamento e comportamento, pode ajudar algumas pessoas a gerir melhor os seus sintomas.


Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL