domingo, 5 de fevereiro de 2017

Tosse com sangue

Tosse com sangue causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção
Tosse com sangue ou hemoptise pode ser um sinal de uma condição médica séria. Infecções, câncer e problemas nos vasos sanguíneos ou nos pulmões podem ser responsáveis por esta condição. Tosse com presença de sangue geralmente requer avaliação médica, a menos que a condição seja devida a bronquite.
Hemoptise é o termo médico para tosse com presença de sangue do trato respiratório. Esta condição não é o mesmo que o sangramento da boca, garganta, ou do trato gastrointestinal.
Frequentemente, o sangue que aparece com tosse tem um aspeto borbulhante porque é misturado com ar e muco, sendo geralmente vermelho brilhante.

Causas de tosse com sangue

Um certo número de condições, doenças e exames médicos podem provocar a tosse com presença de sangue.
Doenças e condições que podem provocar esta condição podem incluir:
  • Sangramento das gengivas
  • Coágulo de sangue no pulmão
  • Bronquiectasia
  • Bronquite
  • Fibrose cística
  • Câncer de esôfago
  • Síndroea de Goodpasture
  • Irritação da garganta devido a tosse violenta
  • Sangramento nasal
  • Laringite
  • Câncer de pulmão
  • Pneumonia
  • Aspiração pulmonar (inalação de sangue para os pulmões)
  • Edema pulmonar
  • Lúpus eritematoso sistémico
  • Tuberculose
  • Granulomatose de Wegener


Cuidados caseiros para tosse com sangue


Antitussígenos podem ajudar, se esta condição for devida a irritação da garganta por ocorrência de tosse violenta. Contudo, nalguns casos, os supressores de tosse podem causar obstrução das vias aéreas. Aconselhe-se sempre com o seu médico .



É muito importante observar quanto tempo você tosse sangue. Você também deve manter um registo dos seguintes procedimentos:


Diagnóstico para tosse com sangue

Os testes de diagnóstico podem incluir:
  • Broncoscopia
  • Laringoscopia
  • Biópsia pulmonar
  • Mediastinoscopia
  • Espirometria
  • Amigdalectomia
  • Biópsia das vias aéreas superiores

Tratamento para tosse com sangue

Para as pessoas que tossem sangue, os tratamentos visam parar o sangramento assim como tratar a causa subjacente de hemoptise. Tratamentos para a tosse com sangue incluem:
  • Embolização da artéria brônquica. O médico irá identificar a fonte do sangramento. A artéria que causa o sangramento será então bloqueada. Geralmente, o sangramento pára e outras artérias compensam a artéria recém bloqueada.
  • Broncoscopia. Ferramentas na extremidade do endoscópio podem ser utilizadas para tratar algumas das causas da tosse com expetoração de sangue. Por exemplo, um balão insuflado dentro das vias aéreas pode ajudar uma hemorragia parada.
  • Cirurgia. A tosse com presença de sangue, se for grave e motivar risco de vida, pode exigir cirurgia para remover um pulmão (pneumectomia).
  • Tratamentos para hemoptise também devem abordar a razão subjacente à presença de sangue na tosse.
Outros tratamentos para pessoas que tossem com sangue podem incluir:
  • Antibióticos para pneumonia ou tuberculose
  • Quimioterapia e/ou radioterapia para câncer de pulmão
  • Esteroides para condições inflamatórias
  • As pessoas com sangue excessivamente fino por causa do uso de medicamentos, podem necessitar de transfusão de sangue ou de outros medicamentos para conter a perda de sangue.
Também poderá gostar de ler:

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL