segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Sangue no sêmen

Sangue no sêmen causas sintomas diagnóstico tratamento
É raro encontrar sangue no sêmen quando alguém ejacula, mas se isso acontecer tente não se preocupar. porque normalmente é apenas uma condição temporária e a causa raramente é algo sinistro.
O sêmen pode ser manchado de sangue vermelho, acastanhado ou apresentar uma coloração rosa, mas em qualquer caso, você deve consultar o seu médico de família para uma investigação completa.
Em muitos casos, nenhuma causa óbvia pode ser encontrada para esta ocorrência e em determinados casos pode ser o resultado de uma lesão esquecida ou despercebida nos órgãos genitais.

Causas de sangue no sêmen

As causas mais comuns de sangue no sêmen incluem:
  • Vesiculite, uma inflamação das vesículas seminais (glândulas que produzem a maior parte do fluido ejaculado)
  • Cálculos das vesículas seminais, que são pequenas pedras nas vesículas seminais
  • Cistos de vesículas seminais, que são pequenos sacos, cheios de líquido nas vesículas seminais
  • Prostatite, uma inflamação da próstata (onde o sêmen é produzido)
  • Hiperplasia benigna da próstata (HBP), uma condição comum em homens mais velhos, em que a glândula da próstata se torna alargada
  • Ter sido alvo de uma biópsia da próstata (em que uma agulha é usada para remover pequenas amostras de tecido a partir da próstata) durante as últimos três ou quatro semanas
Geralmente, estes problemas não são graves e muitos irão melhorar por conta própria sem tratamento, ou após um curso de antibióticos.
Menos frequentemente, sangue que se nota no sêmen pode ser um resultado de:
  • Infecções sexualmente transmissíveis (IST), incluindo herpes genital, clamídia, gonorreia e tricomoníase
  • Grave pressão arterial elevada (hipertensão)
  • Um distúrbio de coagulação do sangue
  • Câncer, incluindo o câncer de próstata, câncer testicular e câncer de bexiga
Estas condições são mais graves e podem exigir tratamento especializado.

Diagnóstico para sangue no sêmen

Embora muitas vezes seja muito difícil promover um diagnóstico específico que seja confirmado, o seu médico vai tentar determinar se a causa do sangue no seu sêmen é provável que seja grave ou não.
Para isso, será necessário considerar uma série de situações, tais como perceber quantas vezes você têm notado o sangue, se você tem quaisquer outros sintomas, qual a sua idade e o seu histórico médico.
Ele também poderá recorrer a uma série de testes simples, incluindo:
  • Verificação da pressão arterial e temperatura
  • Um exame dos seus órgãos genitais e do abdômen (barriga)
  • Um exame retal
  • Testes de urina e sangue
Se você tiver menos de 40 anos e só notou o sangue no seu sêmen uma ou duas vezes, e os testes não sugerirem que você tem uma condição subjacente grave, você não deve precisar de encaminhamento hospital.
No entanto, se você tiver mais de 40 anos e tiver sintomas persistentes ou recorrentes, ou se os testes sugerirem uma causa subjacente potencialmente grave, o seu médico deve encaminhá-lo para um urologista (especialista que trata de problemas do sistema urinário) para posterior avaliação. Isto pode envolver  a necessidade de realizar uma biópsia da glândula da próstata ou scans, como uma ecografia.

Tratamento para sangue no sêmen

O tratamento que o seu médico irá recomendar vai depender do que ele acha que é a razão subjacente para o aparecimento de sangue no seu sêmen.
Em muitos casos, especialmente se você não tiver outros sintomas ou a presença de sangue for um incidente isolado, não será necessário tratamento, e normalmente, o problema irá resolver por conta própria.
Se existir uma razão clara para que você tenha sangue no sêmen, o tratamento dependerá da causa específica. Por exemplo, você pode ser administrado com antibióticos para tratar uma infecção, e os cistos podem precisar de ser drenados com uma agulha.
Se existir uma causa subjacente grave para a ocorrência do sangue no seu sêmen, tais como um distúrbio de coagulação do sangue ou câncer, você será encaminhado para um especialista apropriado para qualquer tratamento necessário.

Também poderá gostar de ler:

Postar um comentário
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL