quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Incontinência intestinal

Incontinência intestinal causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção
Incontinência intestinal é uma incapacidade de controlar os movimentos do intestino que resulta em sujidade involuntária.
A experiência de incontinência pode variar de pessoa para pessoa. Algumas pessoas sentem uma necessidade súbita de ir ao banheiro, mas são incapazes de chegar a um banheiro a tempo. Isto é conhecido como incontinência de urgência do intestino.
Outras pessoas não experimentam nenhuma sensação antes de sujar-se, sendo esta condição conhecida como incontinência passiva ou sujidade passiva. Neste caso, poderá haver apenas uma ligeira sujidade ao passar dos gases.
Algumas pessoas experimentam incontinência numa base diária, enquanto que outras só tem esta experiência de vez em quando.
Acredita-se que uma em cada 10 pessoas será afetada por incontinência em algum momento de sua vida, sendo uma condição que pode afetar pessoas de qualquer idade, embora seja mais comum em pessoas idosas. Este problema de saúde é mais comum em mulheres do que em homens.

Causas da incontinência intestinal

Incontinência é um sintoma de um problema subjacente ou de uma condição médica.
Muitos casos são motivados por diarreia, constipação intestinal ou enfraquecimento do músculo que controla a abertura do ânus, mas também podem ser causados por condições de longo prazo, tais como diabetes, esclerose múltipla e demência.
No entanto, existem muitos outros motivos para a ocorrência de incontinência.


Sintomas de incontinência intestinal

A maioria dos adultos que sofrem de incontinência do intestino apenas apresentam esta condição durante um ataque ocasional de diarreia. Mas algumas pessoas têm incontinência recorrente ou crônica e podem ser incapazes de resistir à vontade de defecar, que aparece tão de repente que as pessoas não têm tempo para se deslocar para um banheiro a tempo. Isto é chamado de incontinência de urgência. Outro tipo de incontinência intestinal ocorre em pessoas que não estão cientes da necessidade de passar as fezes. Isto é chamado de incontinência passiva.
A incontinência fecal pode ser acompanhada por outros problemas intestinais, tais como:

Tratamento da incontinência intestinal

A incontinência pode ser perturbadora e difícil de lidar, mas o tratamento torna-se eficaz e muitas vezes torna-se possível curar, por isso certifique-se de consultar o seu médico.
É importante lembrar que:
  • Incontinência não é algo de que se deve envergonhar, é simplesmente um problema médico que não é diferente de diabetes ou asma.
  • A condição pode ser tratada, existindo uma vasta gama de tratamentos bem sucedidos.
  • Incontinência não é uma parte normal do envelhecimento.
  • Esta condição pode desaparecer por conta própria, mas a maioria das pessoas precisa de tratamento para a doença.
Em muitos casos, com o tratamento certo, as pessoas podem manter a função intestinal normal durante toda a sua vida.
O tratamento dependerá frequentemente da causa e da sua gravidade, mas opções possíveis incluem:
  • Mudanças no estilo de vida e na dieta, para aliviar a constipação ou diarreia
  • Programas de exercícios para fortalecer os músculos que controlam o intestino
  • Medicação para controlar a diarreia e constipação intestinal
  • Cirurgia, existindo um grande número de diferentes opções
  • Produtos para incontinência, como plugs anais e almofadas descartáveis, que podem ser usadas até que os sintomas sejam bem controlados

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL