sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Fratura de Colles

Fratura de Colles causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção
O radio é o maior dos dois ossos entre o cotovelo e punho. A fratura de Colles é uma ruptura no radio perto do pulso. A este tipo de fratura foi dado o nome do cirurgião que a descreveu pela primeira vez.
A fratura de Colles é uma fratura comum que acontece mais frequentemente em mulheres do que homens. De facto, este é o osso fraturado mais comumente em mulheres acima de 75 anos de idade.

Causas da fratura de Colles

Uma fratura de Colles é causada por uma lesão vigorosa no pulso, e isto pode ocorrer devido a:
  • Acidente de carro
  • Esportes de contato
  • Cair ao esquiar, andar de bicicleta, ou outra atividade
  • Um objeto que cai no braço estendido (causa mais comum)
Ter osteoporose é um importante fator de risco para fraturas de pulso. A osteoporose torna os ossos frágeis, pelo que, estes precisam de menos força para quebrar. Por vezes, um pulso quebrado é o primeiro sinal de enfraquecimento dos ossos.


Sintomas da fratura de Colles

Quando você tem uma fratura deste tipo, você quase sempre têm uma história de uma queda ou algum outro tipo de trauma. Geralmente, uma pessoa tem dor e inchaço no antebraço ou pulso e pode apresentar uma deformidade no pulso se a fratura for suficientemente ruim. A presença de hematomas (preto e coloração azul) é comum. Consulte o seu médico se você tiver uma dor suficientemente grave no braço que o impeça de usá-lo normalmente. Você pode recorrer diretamente a um ortopedista, que normalmente pode recorrer a um raio-X para lhe dizer o que está a acontecer. Se o consultório do seu médico estiver fechado e a lesão não for muito dolorosa e o pulso não estiver deformado, geralmente você pode esperar até ao dia seguinte. Mas dirija-se para um sala de emergência se a lesão for muito dolorosa, o pulso estiver deformado ou se você tiver dormência nos seus dedos. Você deve proteger o pulso com uma tala e aplicar gelo no pulso e elevá-lo, até chegar ao consultório do médico.


Fatores de Risco e Prevenção de frratura de Colles

Muitas fraturas de Colles em pessoas com mais de 60 anos são devidas à osteoporose (diminuição da densidade dos ossos), se a queda for relativamente pequena (uma queda de uma posição de pé). Estas fraturas podem acontecer mesmo em ossos saudáveis se o trauma for suficientemente grave (por exemplo, um acidente de carro ou uma queda de uma bicicleta). A melhor prevenção é manter uma boa saúde dos ossos e evitar a osteoporose e as quedas. Pacientes mais velhos que têm problemas para manter o seu equilíbrio precisam de atenção especial para evitar quedas. Protetores de pulso usados sobre os antebraços podem ajudar a prevenir algumas fraturas, mas não vão impedi-las por completo.

Tratamento de fratura Colles

Provavelmente, você irá ter de usar uma tala para manter o pulso estabilizado.
Se você tiver uma pequena fratura e os pedaços de ossos não se moverem para fora do lugar, provavelmente irá usar uma tala por 3 a 5 semanas.
Se a sua fratura for mais grave, poderá ser necessário consultar um médico especialista (cirurgião ortopédico). Os tratamentos podem incluir um procedimento para definir (reduzir) um osso quebrado sem cirurgia. A cirurgia serve para inserir pinos e placas para manter os seus ossos no lugar, ou para substituir as partes quebradas com uma peça de metal. Com uma fratura mais grave, você terá de usar um molde por cerca de 6 a 8 semanas. Você pode precisar de um segundo molde se o primeiro ficar muito solto devido à diminuição do inchaço.

Auto-cuidado em casa

Para ajudar a melhorar a dor e inchaço, deve-se aplicar gelo na área lesada. Use gelo por 15 a 20 minutos de cada vez, a cada poucas horas nos primeiros dias, enquanto o inchaço vai diminuindo. Para evitar lesões da pele, envolva o gelo num pano limpo antes de o aplicar.
Para a dor, você pode tomar ibuprofeno (Advil, Motrin), naproxeno (Aleve, Naprosyn) ou paracetamol (Tylenol). Você pode comprar estes medicamentos para a dor sem receita médica.
Converse com o seu médico antes de usar estes medicamentos se você tiver uma doença cardíaca, pressão arterial alta, doença renal, úlceras de estômago ou se já teve hemorragia interna no passado.
Não tome mais do que a quantidade recomendada na embalagem.
Não dê aspirina para crianças.
Para uma dor severa você pode precisar de um analgésico que necessite de prescrição.
Se você tiver uma tala, siga as instruções do seu provedor de saúde.
Mantenha a sua tala seca.
Exercite os seus dedos, cotovelo e ombro. O exercício pode ajudar a manter as funções das partes afetadas. Fale com o seu médico sobre quanto exercício deve fazer e quando você pode fazê-lo. Normalmente, o médico ou cirurgião pode querer que você comece a mover os dedos logo que possível, após a tala ou gesso serem colocados.

Recuperação para fratura de Colles

A recuperação inicial de uma fratura no punho pode demorar 6 semanas ou mais, podendo haver necessidade de recorrer a fisioterapia.
Você deve começar a trabalhar com um fisioterapeuta logo que o seu provedor recomendar. Estes podem parecer tempos difíceis e dolorosos, mas fazer os exercícios conforme a prescrição irá acelerar a sua recuperação.
A recuperação pode levar desde alguns meses a um ano, até que o seu pulso possa recuperar totalmente a sua função. Algumas pessoas têm rigidez e dor no pulso para o resto da sua vida.



Também poderá gostar de ler:

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL