domingo, 26 de fevereiro de 2017

Deformidade por contratura

Deformidade por contratura causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção
A deformidade por contratura desenvolve-se quando os tecidos normalmente elásticos são substituídos por tecidos não elásticos, tecidos tipo fibra (inelástica). Estes tecidos tornam difícil esticar a área onde ocorre a contratura e impedem o movimento normal.
Estas deformidades ocorrem principalmente na pele, nos tecidos por baixo da pele, músculos, tendões, ligamentos e zonas de articulações. Este tipo de tecidos afetam a amplitude de movimento e a função de uma determinada parte do corpo, ocorrendo geralmente associados a dor.

Causas de deformidade por contratura

Deformidade por contratura pode ser causada por qualquer uma das seguintes condições:
  • Desordens do cérebro e do sistema nervoso, como paralisia cerebral ou acidente vascular cerebral
  • Doenças hereditárias (como distrofia muscular)
  • Danos nos nervos
  • Uso reduzido (por exemplo, devido à falta de mobilidade)
  • Cicatrização após lesão traumática ou queimaduras

Sintomas de deformidade por contratura


O músculo, tendão, ligamento ou pele e movimento normal da parte do corpo associada à deformidade por contratura são inibidos. A pele pode aparecer com cicatrizes ou surgir sem elasticidade, como após uma lesão ou queimadura grave.

Pessoas que apresentarem sinais de deformidade  por contratura como uma diminuição da capacidade de mover uma articulação devem consultar um cirurgião ortopédico.


Diagnóstico de deformidade por contratura

Siga sempre as instruções do seu médico para o tratamento da contratura. Os tratamentos podem incluir:
  • Implementação de exercícios e alongamentos
  • Uso de talas
Consulte o seu médico se:
  • Pensa que está a desenvolver uma contratura.
  • Percebe que existe uma diminuição da capacidade de mover uma articulação.
Dependendo da causa e do tipo de deformidade por contratura, você pode precisar de realizar exames, como por exemplo um raio-x.

Tratamento de deformidade por contratura

As opções de tratamento para esta condição incluem:
  • Fisioterapia - Fisioterapia é uma forma comum de tratamento de contraturas. As sessões de fisioterapia ajudam os pacientes a aumentar a amplitude de movimento e a fortalecer os músculos. Os exercícios também podem ser realizados em casa.
  • Dispositivos de suporte - O paciente pode ser obrigado a usar um molde ou tala para permitir que os tecidos da área afetada possam esticar. Aqueles que têm mobilidade altamente reduzida podem precisar de uma cadeira de rodas. Uma máquina de movimento passivo contínuo pode ajudar a manter a parte do corpo afetada em movimento.
  • Medicação - Medicação anti-inflamatória pode ajudar a reduzir a inflamação e dor. Os pacientes com paralisia cerebral são frequentemente objeto de uma toxina botulínica para os músculos como uma forma de retardar a cirurgia.
  • Cirurgia - A cirurgia pode ser necessária para reparar ligamentos ou alongar os músculos, tendões ou ossos danificados num acidente. Por exemplo, reparar um ligamento do joelho pode melhorar a amplitude de movimento nessa articulação a longo prazo.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL