sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Tímpano perfurado

Tímpano perfurado causas sintomas tratamento
Designa-se de tímpano perfurado, o buraco ou ruptura no tímpano, uma membrana fina que separa o canal auditivo e o ouvido médio. O termo médico para tímpano é membrana timpânica. O ouvido médio está ligado ao nariz pelo tubo de Eustáquio, que regula a pressão no ouvido médio. Uma perfuração do tímpano é muitas vezes acompanhado de diminuição da audição e por vezes por descarga de líquido. A perfuração pode ser acompanhada de dor, se for causada por uma lesão ou se ficar infetada.

Causas

As causas de uma perfuração do tímpano são geralmente a ocorrência de uma lesão, infecção ou doença crônica da tuba auditiva. Um tímpano perfurado devido a trauma pode ocorrer:
  • Se o ouvido for atingido diretamente
  • Se houver uma fratura no crânio
  • Depois de uma explosão repentina
  • Se um objeto (como um grampo) entrar demasiado dentro do canal auditivo.
Infecções do ouvido médio podem causar dor, perda auditiva e ruptura espontânea do tímpano, resultando numa perfuração. Neste caso, pode haver drenagem infetada ou com sangue a partir do ouvido. As infecções podem causar um buraco na membrana timpânica, como um efeito colateral da otite média. Os sintomas da otite média aguda (fluido do ouvido médio com sinais de infecção) incluem sensação de plenitude no ouvido, perda auditiva, dor e febre. Em pacientes com problemas crônicos da tuba auditiva, o tímpano pode ficar enfraquecido e abrir. Em algumas ocasiões, um pequeno orifício pode permanecer no tímpano depois de um tubo de equalização de pressão (previamente colocado) cair ou ser removido por um médico. A maioria dos tímpanos perfurados que resultam de lesão ou de infecção aguda no ouvido, curam por si dentro de semanas, embora alguns possam levar vários meses para cicatrizar. Durante o processo de cura, o ouvido deve ser protegido contra a água e possível trauma. Perfurações do tímpano que não cicatrizam por conta própria podem exigir cirurgia. 


Sintomas de tímpano perfurado

Sinais e sintomas podem incluir:
  • Dor de ouvido que pode diminuir rapidamente
  • Ouvido cheio de pus ou com drenagem sangrenta
  • Perda de audição
  • Zumbido no ouvido
  • Sensação de tontura (vertigem)
  • Náuseas ou vômitos que podem resultar da vertigem


Complicações de tímpano perfurado


O tímpano (membrana timpânica) tem duas funções principais:

  • Audição. Quando as ondas sonoras são produzidas, o tímpano vibra, sendo este o primeiro passo pelo qual as estruturas do seu ouvido médio e interno traduzem as ondas sonoras em impulsos nervosos.
  • Proteção. O tímpano também atua como uma barreira, protegendo o seu ouvido médio de água, bactérias e de outras substâncias estranhas.

Se ocorrer uma perfuração do tímpano, as complicações podem ocorrer enquanto o tímpano é curado ou se este não for possível de curar. Possíveis complicações incluem:
  • Perda auditiva. Normalmente, a perda auditiva é temporária, durando apenas algum tempo até que o rasgo ou buraco no seu tímpano fica curado. O tamanho e a localização da lesão podem afetar o grau de perda auditiva.
  • Infecção do ouvido médio (otite média). Um tímpano perfurado pode permitir que as bactérias entrem no seu ouvido. Se uma perfuração do tímpano não curar ou não for reparada, você pode ficar vulnerável a infecções crônicas que podem causar perda permanente da audição.
  • Cisto no ouvido médio (colesteatoma). Um colesteatoma é um cisto no ouvido médio composto por células da pele e por outros detritos.
Os detritos no canal do ouvido, normalmente viajam para o ouvido externo com a ajuda de protetores de cera do ouvido. Se o tímpano for perfurado, os restos de pele podem passar para o ouvido médio e formar um cisto.
Um colesteatoma fornece um ambiente amigável para as bactérias que contem proteínas que podem danificar os ossos do seu ouvido médio.

Diagnóstico

Normalmente, o médico pode diagnosticar um tímpano que foi perfurado ou rasgado simplesmente por olhar para dentro do ouvido com uma luz especial chamada de otoscópio. No entanto, se houver uma grande quantidade de inflamação, infecção ou cera presente no ouvido, pode por vezes ser difícil ver o tímpano.

Tratamento do tímpano perfurado

Antes de tentar qualquer correção da perfuração, um teste de audição deve ser realizado. Os benefícios do fechamento de uma perfuração incluem a prevenção de entrada de água no ouvido médio durante o banho, ou durante a natação (o que poderia causar infecção no ouvido), a melhoria da audição, e diminuição do zumbido. Ele também pode prevenir o desenvolvimento de colesteatoma (cisto de pele do ouvido médio), o que poderia causar infecção crônica e a destruição de estruturas do ouvido.

Se a perfuração for muito pequena, um otorrinolaringologista pode optar por observar a perfuração ao longo do tempo para verificar se ela consegue fechar por conta própria. Poderá ainda tentar remendar o tímpano do paciente. Trabalhando com um microscópio, o médico pode tocar as bordas do tímpano com um produto químico para estimular o crescimento e, em seguida, colocar um remendo fino no tímpano.
Geralmente com o encerramento do tímpano, a audição é melhorada. Vários adesivos podem ser necessárias antes da perfuração fechar completamente. Se o seu médico sentir que um remendo de papel não irá funcionar de modo adequado, poderá recorrer a uma cirurgia.
Existem uma variedade de opções de tratamento, mas a maioria envolve a colocação de um adesivo no local da perfuração para permitir a cura. O nome do procedimento é timpanoplastia. A cirurgia, normalmente, é usada com bastante sucesso na reparação da perfuração, e muitas vezes é feita no consultório do médico.


Prevenção de tímpano perfurado

Siga estas dicas para evitar situações de tímpanos perfurados:
  • Obtenha tratamento para infecções do ouvido médio. Esteja ciente dos sinais e sintomas de uma infecção do ouvido médio, incluindo dor de ouvido, febre, congestão nasal e audição reduzida. Crianças com uma infecção do ouvido médio, muitas vezes esfregam ou puxam as suas orelhas. Procure uma avaliação rápida do seu médico de cuidados primários para evitar possíveis danos ao tímpano.
  • Proteja os seus ouvidos durante um vôo. Se possível, não voe se tiver um resfriado ou uma alergia ativa que provoca congestionamento nasal ou no ouvido. Durante as decolagens e pousos, mantenha os seus ouvidos com tampões, boceje ou mastigue, ou utilize a manobra de Valsalva (soprando suavemente, como se estivesse a assoar o nariz, enquanto belisca as suas narinas e mantêm a boca fechada. Não durma durante subidas e descidas.
  • Mantenha os seus ouvidos livres de objetos estranhos. Nunca tente retirar cera em excesso ou endurecida com itens como um cotonete ou clipe de papel. Estes itens podem facilmente rasgar ou perfurar o tímpano. Ensine os seus filhos sobre o dano que pode ser feito ao colocar objetos estranhos nos seus ouvidos.
  • Proteja-se contra o ruído excessivo. Proteja os seus ouvidos de danos desnecessários através do uso de tampões de proteção ou protetores de ouvido no seu local de trabalho ou durante atividades recreativas, se o ruído alto estiver presente.

Pode ainda gostar de ler:

Nenhum comentário:
Postar um comentário

ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL