sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Rigidez abdominal ou rigidez da parede do abdômen

Rigidez muscular causas sintomas prevenção diagnóstico tratamento como controlar
Rigidez abdominal descreve a rigidez da parede do abdômen.
Esta é muitas vezes causada por um espasmo dos músculos da parede abdominal, que ocorre após uma lesão, mas também pode ser um sinal de que o paciente tem inchaço no interior da cavidade abdominal. Doença grave, especialmente infecção no interior do abdômen também pode causar esta condição.

Causas e riscos

A rigidez pode apontar para um problema local nos músculos, mas também pode estar relacionada a um problema mais profundo no interior do abdômen. Causas de rigidez no abdômen incluem:
  • Sangramento para dentro dos músculos da parede abdominal
  • Infecção abdominal, tais como apendicite ou diverticulite
  • Uma inflamação do pâncreas
  • Lesão nos músculos da parede abdominal
  • Peritonite, ou inflamação do abdômen

Prevenção

Na maior parte dos casos, a rigidez abdominal não pode ser evitada; já que, na verdade, é um sinal físico útil para alertar o médico acerca de um problema subjacente mais profundo.

Diagnóstico

A Rigidez no abdômen é facilmente vista e sentida no exame físico. O diagnóstico de uma rigidez abdominal tem em consideração a história médica do paciente.
Se a causa não for imediatamente aparente, o médico pode solicitar exames, tais como:
  • Exames abdominais
  • Exames de sangue
  • Ultrassom
  • Testes de urina

Efeitos a longo prazo

A rigidez no abdômen deve ser alvo de preocupação, já que pode apontar para a presença de uma infecção com risco de vida. Se for este o caso, a morte pode ocorrer se o tratamento imediato não ocorrer ou deixar de funcionar.

Tratamento da rigidez abdominal

O tratamento depende da causa subjacente. Se a rigidez no abdômen for devida a uma lesão muscular, descanso e tratamento da dor é suficiente. Outras causas necessitam de tratamento mais extenso, tais como:
  • Antibióticos
  • Fluidos intravenosos
  • Cirurgia


Efeitos colaterais da rigidez no abdômen

Os medicamentos utilizados no tratamento podem causar alergias e dores de estômago. Uma cirurgia pode ser complicada por hemorragia ou infecção.

Pós tratamento

Geralmente, o tratamento termina quando a pessoa se recupera e a rigidez desaparece. A condição pode ser curada para sempre, como por exemplo com a remoção do apêndice. Em casos mais graves, a morte pode ocorrer se o tratamento não for bem sucedido.

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL