terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Escurecimento da pele - Causas e tratamento

Escurecimento da pele causas tratamento
A hiperpigmentação é caracterizada pelo escurecimento de uma área da pele, que pode ser causada pelo excesso de produção de um pigmento na pele, conhecido como melanina. Esta é relativamente comum e geralmente inofensiva, mas por razões estéticas, é um incômodo para aqueles que a têm.
Escurecimento da pele é o resultado de qualquer uma das duas ocorrências:
  • Uma concentração anormalmente elevada de melanócitos ou de produção de melanina
  • Quando os melanócitos são hiperativos.
Por exemplo, a exposição ao sol estimula a produção de melanina. Embora possa afetar qualquer pessoa, esta condição ocorre com maior frequência entre determinadas etnias, como Asiáticos, Mediterrânicos, Africanos, ou Latinos. Escurecimento da pele pode afetar qualquer parte do corpo, incluindo o rosto, mãos e pescoço.
Lentigo, melasma induzida pela gravidez, manchas, nevo, bronzeado, sardas, lentigos solares (isto é, manchas de sol, manchas de idade) e olheiras escuras, são exemplos de escurecimento da pele.
Lentigo significa simplesmente uma sarda.
Lentigos solares são amplamente conhecidos como "manchas solares", "manchas senis" e "pontos de fígado'. Lentigos solares são sardas causadas pela exposição ao sol.
Melasma, muitas vezes, conhecida como a "máscara da gravidez", é causada por alterações hormonais devido a gravidez, sendo caracterizada por áreas pigmentadas, geralmente na face (exceto a área dos olhos).

Causas de escurecimento da pele

Existem várias causas de escurecimento da pele, incluindo:
  • Exposição excessiva ao sol
  • Hereditariedade
  • As alterações hormonais
  • Certos medicamentos, como antibióticos, tratamentos hormonais e anti-convulsivos
  • Inflamação da pele e lesões como acne vulgaris

Sintomas associadas com escurecimento da pele


A pele escura pode acompanhar outros sintomas, que variam de acordo com a doença, distúrbio ou condição subjacente. Condições que afetam frequentemente a pele também podem envolver outros sistemas do corpo.
sintomas que podem ocorrer em conjunto com escurecimento da pele incluem:
  • Sensação de queimação (em casos de reação à exposição a substâncias químicas)
  • Pele escamosa, descamação (ocasionalmente)
  • Comichão na pele
  • Vermelhidão, calor ou inchaço
A pele escura pode acompanhar sintomas relacionados com outros sistemas do corpo, incluindo:
Nalguns casos, a pele escura pode ocorrer com outros sintomas que podem indicar uma condição séria que deve ser avaliada por um profissional de saúde. Procure assistência médica imediata se tiver escurecimento da pele, juntamente com outros sintomas graves, incluindo:
  • Constipação
  • Depressão ou irritabilidade e alterações de humor
  • Diarreia
  • Micção excessiva e sede
  • Fadiga
  • Flutuações na pressão arterial
  • Dor nas articulações
  • Perda de apetite ou perda de peso inexplicada, com aumento do apetite
  • Ausência de períodos menstruais e pouco interesse em sexo
  • Dor no abdômen superior direito

Cura para escurecimento da pele

Não existe "cura" para escurecimento da pele. Existem, no entanto, opções para tratar esta condição ao atenuar a aparência da mesma.

Prevenção de escurecimento da pele

Use um filtro solar diariamente de pelo menos FPS 15, e evite exposição ao sol, já que se torna crucial na prevenção de escurecimento da pele.
Esteja consciente de que a descoloração também ocorre em células superficiais mortas, por isso é imperativo esfoliar regularmente, o que irá ajudar a minimizar o escurecimento da pele.
Se você tem pele seca, sensível ou madura, é melhor esfoliar 1 a 2 vezes por semana. Se você tem a pele oleosa, use esfoliantes 2 a 3 vezes por semana. No entanto, esfoliantes faciais não devem ser utilizados na erupção da acne, já que são muito abrasivos e podem piorar a situação. Em vez disso, deve ser usado um esfoliante suave.

Tratamento para escurecimento da pele

Com um regime personalizado de cuidados da pele, você pode minimizar o aparecimento de hiperpigmentação. Além de usar protetor solar com, pelo menos, um FPS de 15, existem ingredientes-chave que deve procurar em produtos para a pele, e que podem ajudar a tratar a hiperpigmentação, tais como ácidos alfa hidroxi (AHAs). Exemplos de AHAs são o ácido glicólico e láctico. AHAs ajudam a remover a acumulação de células mortas superficiais que já estão manchadas de pigmento, diminuindo assim a descoloração. Outros ingredientes que são excelentes para o tratamento da hiperpigmentação incluem ácido Kojic (encontrado na Máscara Whitening) e vitamina C (a vitamina C Soro).

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL