quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Obstrução intestinal

Obstrução intestinal causas sintomas diagnóstico tratamento
Obstrução intestinal é um bloqueio que não permite que o alimento ou líquido passe através do seu intestino delgado ou intestino grosso (cólon). Esta condição pode ser causada por bandas fibrosas de tecido no abdômen (aderências) que se formam após uma cirurgia, bolsas de inflamação ou infecção no intestino (diverticulite), hérnias e tumores.
Sem tratamento, este tipo de problema pode levar a problemas graves, no entanto, com atendimento médico imediato, muitas vezes, a obstrução no intestino pode ser tratada com sucesso.

Causas

As causas mais comuns de obstrução mecânica, na qual algo bloqueia fisicamente o intestino delgado, incluem:
  • Aderências intestinais, uma faixa de tecido fibroso no interior da cavidade abdominal, que se podem formar depois de uma cirurgia abdominal ou pélvica
  • Hérnias, em que porções do intestino se projetam noutra parte do corpo
  • Tumores no intestino delgado
  • Doenças inflamatórias do intestino, como a doença de Crohn
  • Torção do intestino
  • Intussuscepção do intestino
A obstrução mecânica é muito menos comum no cólon. Possíveis causas incluem:
  • Câncer de cólon
  • Diverticulite
  • Torção do cólon
  • Fezes impactadas
  • Estreitamento do cólon causado pela inflamação e cicatrizes (estenose)
  • Íleo paralítico
Íleo paralítico pode causar sinais e sintomas de obstrução no intestino, mas não envolve um bloqueio físico. No íleo paralítico, problemas musculares ou nervosos podem interromper as normais e coordenadas contrações musculares dos intestinos, e retardar ou parar o movimento de alimentos e líquidos através do sistema digestivo.
Íleo paralítico pode afetar qualquer parte do intestino. As causas podem incluir:
  • Cirurgia abdominal
  • Cirurgia pélvica
  • Infecção
  • Certos medicamentos, incluindo antidepressivos e analgésicos que afetam músculos e nervos
  • Distúrbios musculares e nervosos, como a doença de Parkinson

Sintomas

Sinais e sintomas da obstrução no intestino incluem:
Devido às graves complicações que podem desenvolver-se a partir de uma obstrução intestinal, deve procurar-se atendimento médico imediato se você tiver dor abdominal grave ou outros sintomas associados à obstrução.
Doenças e condições que podem aumentar o risco de obstrução incluem:
  • Cirurgia abdominal ou pélvica, que muitas vezes provoca adesões (um problema comum)
  • A doença de Crohn, que pode causar engrossamento das paredes do intestino, estreitando a passagem
  • Câncer no abdômen, especialmente se já passou por uma cirurgia para remover um tumor abdominal ou radioterapia
Uma obstrução no intestino que não seja tratada pode causar complicações graves, com risco de vida, incluindo a morte do tecido. A obstrução pode cortar o fornecimento de sangue a uma parte do seu intestino. Falta de sangue faz com que a parede intestinal possa morrer.


Diagnóstico

Testes e procedimentos utilizados para diagnosticar a obstrução intestinal incluem:
  • Exame físico. O seu médico irá formular perguntas sobre o seu histórico médico e os seus sintomas. Ele também irá fazer um exame físico para avaliar a sua situação. O médico pode suspeitar de obstrução no intestino, se o seu abdômen estiver inchado ou se existir um caroço no abdômen. Ele pode ouvir ruídos intestinais com um estetoscópio.
  • Raio X. Para confirmar o diagnóstico desta condição, o médico pode recomendar um raio-X abdominal. No entanto, algumas obstruções intestinais podem não ser visualizadas através de raios-X padrão.
  • A tomografia computadorizada (TC). A tomografia computadorizada combina uma série de imagens de raios X tiradas de diferentes ângulos para produzir imagens transversais. Estas imagens são mais detalhadas do que um raio-X padrão, e são melhores para determinar uma obstrução no intestino.
  • Ultra-som. Quando uma obstrução ocorre no intestino de crianças, o ultra-som é frequentemente o tipo preferido de imagiologia.
  • Enema de ar ou enema de bário. Um enema de ar ou de bário é basicamente uma imagiologia reforçada do cólon que pode ser feita para determinadas causas suspeitas de obstrução. Durante o procedimento, o médico irá inserir ar ou bário líquido no cólon através do reto. Para a intussuscepção em crianças, um enema de ar ou de bário, na verdade, pode corrigir o problema na maioria das vezes, e nenhum tratamento adicional se torna necessário.

Tratamento para obstrução intestinal

A forma de tratamento do problema depende da causa da sua condição, mas geralmente requer hospitalização.


Hospitalização para estabilizar a sua condição

Quando você chegar ao hospital, os médicos vão trabalhar no sentido de o estabilizar, para que você possa ser tratado. Este processo pode incluir:
  • Colocar uma linha intravenosa numa veia do seu braço para que fluidos possam ser administrados.
  • Colocar uma sonda nasogástrica através do seu nariz até ao estômago, para sugar o ar e fluidos e aliviar o inchaço abdominal.
  • Colocar um tubo fino e flexível (cateter) na sua bexiga para drenar a urina e recolhê-la para testes.
  • Tratar intussuscepção
Enema de ar ou bário é usado tanto como um procedimento de diagnóstico como um modo de tratamento em crianças com intussuscepção. Se um enema funcionar, geralmente, um tratamento adicional não se torna necessário.


Tratamento para a obstrução parcial

Se você tiver uma obstrução que permita que alguns alimentos e líquidos ainda podem passar (obstrução parcial), você pode não precisar de tratamento adicional depois de ter sido estabilizado. O seu médico pode recomendar uma dieta especialmente pobre em fibras para que se torne mais fácil o seu processamento no intestino. Se a obstrução não desaparecer por conta própria, você pode precisar de cirurgia para aliviar a condição.


Tratamento para a obstrução completa

Se nada for capaz de passar através do seu intestino, normalmente, você vai precisar de cirurgia para aliviar o bloqueio. O procedimento a implementar vai depender da causa da obstrução e de qual a parte do seu intestino que se torna afetada. Tipicamente, uma cirurgia envolve a remoção da obstrução, bem como qualquer secção do intestino que morreu ou ficou danificada.
Alternativamente, o médico pode recomendar o tratamento da obstrução com um stent de metal auto-expansível. O tubo de malha de arame é inserido no seu cólon através de um endoscópio passado através da boca ou do cólon. Este procedimento obriga a abrir o cólon de modo que a obstrução possa desaparecer.

Stents são geralmente usados para tratar pessoas com câncer do cólon ou para proporcionar um alívio temporário em pessoas para quem a cirurgia de emergência se torna muito arriscada. Você ainda pode precisar de cirurgia, uma vez que a sua condição fique estável.

Também poderá gostar de ler:

Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL