domingo, 11 de dezembro de 2016

Hemangioma no fígado ou massa benigna no fígado

Hemangioma no fígado causas sintomas diagnóstico tratamento
Uma doença hepática é grave e requer tratamento e acompanhamento regular por um especialista em fígado. Um especialista em fígado é conhecido como um hepatologista, e você precisa de ser encaminhado pelo seu médico de família ou clínico geral. Muitos pacientes desenvolvem doença grave do fígado, o que, infelizmente, poderia ser evitado através da detecção precoce e encaminhamento precoce a um hepatologista. É preciso haver mais consciência da doença de fígado, de modo a que os pacientes possam ser tratados precocemente, para que se possa prevenir a cirrose, insuficiência hepática e câncer de fígado. Certifique-se de que a sua função hepática é verificada anualmente com um exame de sangue.

O que é um hemangioma no fígado

Um hemangioma no fígado é uma massa benigna (não cancerosa) que cresce no fígado. Este é composto de vasos sanguíneos que se encontram emaranhados e contêm sangue. Por vezes, os hemangiomas podem ser maiores do que o normal, mas também podem haver vários hemangiomas presentes no fígado.

Sintomas

A maioria das pessoas que têm um hemangioma hepático estão totalmente inconscientes de que o têm, já que nunca sentiram quaisquer sinais ou sintomas. Geralmente, este é descoberto durante um teste, mas também pode ser encontrado por causa de algum outro problema de saúde. 
Numa minoria de pacientes com um hemangioma hepático podem ocorrer alguns sintomas como:

Causas

Acredita-se que o hemangioma hepático seja congênito, o que significa que a pessoa nasce com ele. As mulheres que estiveram grávidas são mais propensas a ter um hemangioma deste tipo do que as mulheres que nunca estiveram grávidas. Mulheres na menopausa que estiveram sujeitas a terapia de reposição hormonal (TRH) ou mulheres que têm usado a pílula anticoncepcional oral por vários anos são mais propensas a desenvolver um hemangioma hepático do que as mulheres que nunca usaram qualquer hormônio. Assim, pensa-se que a hormona estrogênio, encontrada na terapia de substituição hormonal ou na pílula contraceptiva oral e durante a gravidez, desempenha um papel no desenvolvimento e crescimento de hemangiomas deste tipo.

As mulheres que têm um hemangioma localizado no fígado apresentam risco de complicações se ficarem grávidas. Os altos níveis de estrogênio produzidos durante a gravidez podem fazer com que alguns hemangiomas possam crescer mais, o que pode causar sintomas, que podem necessitar de tratamento.

Só porque você tem um hemangioma não significa que ele se torne perigoso demais para engravidar, mas é importante discutir quaisquer riscos o com seu médico e tomar cuidado extra com o seu fígado durante a gravidez.


Fatores de risco

Os fatores que podem aumentar o risco de ocorrência de um hemangioma no fígado incluem:
  • A idade. Um hemangioma pode ser diagnosticado em qualquer idade, mas é mais comumente diagnosticado em pessoas com idades entre 30 e  50 anos.
  • Sexo. As mulheres são mais susceptíveis de serem diagnosticadas com hemangioma de fígado do que os homens.
  • Gravidez. As mulheres que estiveram grávidas são mais susceptíveis de serem diagnosticadas com um hemangioma do que as mulheres que nunca estiveram grávidas. Acredita-se que o hormônio estrogênio, que aumenta durante a gravidez, pode desempenhar um papel no crescimento de um hemangioma de fígado.
  • Terapia de reposição hormonal. As mulheres que usaram a terapia de reposição hormonal para os sintomas da menopausa podem ser mais propensas a hemangioma de fígado.

Complicações

Complicações que ocorrem durante a gravidez

As mulheres que foram diagnosticadas com hemangioma de fígado enfrentam um risco de complicações se ficarem grávidas. A hormona feminina estrogénio, que aumenta durante a gravidez, acredita-se que possa provocar o crescimento de hemangiomas. O crescimento de um hemangioma pode causar sinais e sintomas que podem necessitar de tratamento.

Ter um hemangioma de fígado não significa que você não possa engravidar. No entanto, discuta as possíveis complicações com o seu médico, para ajudá-la a fazer uma escolha mais informada.


Complicações relacionadas com terapia hormonal

Medicamentos que afetam os níveis de hormônios no corpo, como pílulas anticoncepcionais, podem causar complicações se você foi diagnosticada com hemangioma no fígado. Mas isto é controverso. Se você estiver a considerar este tipo de medicação, discuta os benefícios e riscos com o seu médico.

Diagnóstico

Testes e procedimentos utilizados para diagnosticar um hemangioma hepático incluem:
  • Ultra-som
  • Tomografia computadorizada
  • Imagem de ressonância magnética
  • Tomografia computadorizada com emissão de fóton único
Outros testes e procedimentos podem ser usados, dependendo da sua situação.

Tratamento

Na maioria das pessoas, o hemangioma nunca vai crescer e nunca causará quaisquer problemas médicos ou de saúde. Mas numa pequena minoria de pessoas, o hemangioma vai crescer e exigir tratamento.

Se o hemangioma for pequeno e não causar quaisquer sinais ou sintomas, você não precisa de qualquer tratamento médico. Na grande maioria dos casos, um hemangioma de fígado nunca cresce mais e nunca irá causar problemas de saúde. torna-se importante promover uma varredura do fígado bi-anual para verificar o hemangioma.

Se um hemangioma hepático crescer suficientemente para causar pressão sobre órgãos ou tecidos próximos do seu fígado, pode causar sintomas que podem necessitar de tratamento.

Se você tiver um hemangioma hepático torna-se mais seguro evitar pílulas anticoncepcionais orais que contenham estrógeno, e hoje em dia existem muitos novos contraceptivos disponíveis. Além disso, evite tipos de terapia de substituição hormonal que contenham estrogénios orais e use cremes que contenham o tipo seguro de estrogênio chamado estriol.


Opções para tratar hemangioma no fígado

Cirurgia

Se o hemangioma puder ser facilmente separado a partir do fígado, a cirurgia para remover o tumor pode ser a melhor solução. Nalguns casos, uma porção do fígado é removida, juntamente com o hemangioma.


Bloquear o fluxo de sangue para o hemangioma

O fornecimento de sangue pode ser bloqueado através da principal artéria que supre o hemangioma, o que pode ser feito ao injetar medicação na artéria (embolização arterial). Sem um fornecimento de sangue, o hemangioma pode parar de crescer ou encolher. O tecido de fígado saudável não fica danificado por estes tratamentos, porque ele pode tirar sangue de outros vasos sanguíneos mais próximos.


Cirurgia de transplante de fígado

Em situações raras, se você tiver um grande ou múltiplos hemangiomas que não possam ser tratados por outros meios, o médico pode recomendar uma cirurgia para remover o seu fígado e substituí-lo por um fígado de um doador.

As afirmações aqui formuladas não se destinam a diagnosticar, tratar ou curar qualquer doença.


Postar um comentário
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL