terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Adenoidite: Causas, sintomas e tratamento

Adenoidite causas sintomas diagnóstico tratamento prevenção

O que é adenoidite

Adenoidite é o termo médico para caracterizar uma inflamação das adenoides causada por uma infecção. Adenoides são massas de tecido linfático que ajudam o organismo a combater infecções e que se encontram na garganta, logo atrás do nariz, junto com as amígdalas, fazendo parte da primeira linha de defesa contra bactérias e vírus.

O sistema linfático executa várias funções para ajudar a proteger o corpo contra a infecção. As adenoides fazem parte do sistema linfático. Adenoides armazenam glóbulos brancos e anticorpos que ajudam a destruir possíveis infecções que ameaçam a sua saúde. Se estas ficarem inflamadas, deixam de puder desempenhar a sua função de modo adequado.

Sintomas de adenoidite

Adenoidite pode começar como um inchaço ou alargamento das adenoides. O inchaço pode bloquear ou restringir as vias respiratórias, mas também pode tornar difícil a respiração pelo nariz.
Outros problemas associados com esta condição incluem:
  • Sons por via nasal quando se fala, como se você estivesse a falar através de seu nariz
  • Dor de garganta ou garganta seca devido a respirar pela boca
  • Respirar pela boca torna-se mais confortável do que respirar pelo nariz
  • Ronco durante o sono
  • Sintomas de infecção, tais como um corrimento nasal, que produz muco verde ou descolorido


Fatores de risco


Certos fatores de risco podem tornar uma pessoa mais suscetível a infecções dos tecidos da adenoide. Estes podem incluir:

  • Infecções recorrentes na garganta, pescoço ou cabeça
  • Infecções das amígdalas
  • Entrar em contato com o vírus no ar, germes e bactérias

As crianças são mais suscetíveis a contrair adenoidite. Isto acontece porque as adenoides encolhem progressivamente ao longo da infância.


Causas de adenoidite

Inflamação das adenoides pode ser causada por uma infeção bacteriana, tal como uma infecção com a bactéria Streptococcus, podendo também ser causada por um grande número de vírus, incluindo o vírus de Epstein-Barr, adenovírus e rinovírus.

Diagnóstico de adenoidite

O seu médico pode encaminhá-lo para um especialista, um otorrinolaringologista. Um otorrinolaringologista também é conhecido como um médico especialista de ouvidos, nariz e garganta. Um médico otorrinolaringologista tem formação especializada em infecções, doenças e condições do ouvido, nariz e garganta. Este, provavelmente irá realizar um exame físico para determinar onde se localiza a infecção. Ele também irá formular perguntas sobre a sua história familiar para determinar se a sua condição é hereditária.
Outros testes podem incluir:
  • Exames da garganta utilizando zaragatoas para obter amostras de bactérias e de outros organismos
  • Testes de sangue para determinar a presença de organismos
  • Raios-X de sua cabeça e pescoço para determinar o tamanho de suas adenoides e extensão da infecção


Tratamento de abenoidite

Se a causa da condição for uma bactéria, o seu médico pode prescrever antibióticos. O uso de antibióticos é frequentemente bem sucedido no tratamento do tecido inflamado da adenoide. Se a causa for um vírus, o seu médico irá colocá-lo num plano de tratamento específico para o vírus.
A cirurgia para remover as adenoides também pode ser uma opção. A este procedimento dá-se o nome de adenoidectomia. A cirurgia é utilizada para remover adenoides que:
  • Não melhoram com antibióticos
  • Têm infecções recorrentes
  • Coexistem com um problema de saúde subjacente, como câncer ou um tumor da garganta e pescoço
  • Causam problemas de respiração e deglutição


O que é uma adenoidectomia

Uma adenoidectomia é um procedimento realizado por um médico especialista em condições de ouvido, nariz e garganta. Este procedimento é realizado num ambulatório ou num centro cirúrgico, sob anestesia geral, o que significa que a pessoa fica a dormir. As amígdalas e/ou adenóides podem ser removidos através da boca de forma que nenhumas incisões adicionais serão feitas exceto nos tecidos que são removidos.
A maioria dos pacientes pode ir para casa após o procedimento, mas a pessoa deve esperar no centro cirúrgico por cerca de quatro ou cinco horas após a cirurgia, para que possa ser cuidadosamente monitorizada. O seu médico pode dar-lhe instruções mais específicas sobre o que deve esperar, tendo por base as necessidades de saúde particulares da pessoa sujeita à adenoidectomia.

Os motivos que devem levar à realização desta cirurgia não estão bem definidos, e muitos cirurgiões diferem em termos das suas opiniões. Alguns dos motivos mais amplamente aceites para a realização de uma adenoidectomia incluem:
  • Apneia do sono ou existência de períodos durante a noite em que o seu filho pára de respirar
  • Problema na deglutição
  • Tumor na garganta ou passagem nasal
  • Sangramento das amígdalas que não pode ser interrompido
  • Bloqueio significativo da passagem nasal e respiração desconfortável
A seguir descrevemos as diretrizes recomendadas pela Academia Americana de Otorrinolaringologia para realização da adenoidectomia:
  • Sete episódios de dor de garganta durante um ano
  • Cinco episódios de dor de garganta em cada dois anos
  • Três episódios de dor de garganta em cada um de três anos consecutivos
A dor de garganta pode estar associada com o seguinte:
  • Febre
  • Descarga das amígdalas
Os seguintes motivos são mais controversos quanto à necessidade de promover a remoção de adenoides e amígdalas:
  • Ronco ruim
  • Infecções recorrentes ou abscessos na garganta
  • Infecções oculares recorrentes
  • Perda de audição
  • Sinusite crônica ou infecção nos sinos
  • Respiração bucal constante
  • Resfriados frequentes
  • Tosse
  • Mau hálito

Prevenção de adenoidite


Existem alguns procedimentos que você pode implementar para tentar evitar contrair uma inflamação das adenoides. Torna-se importante que coma alimentos saudáveis e beba bastantes líquidos. Além disso, bastante sono pode ajudar. Use boas práticas de higiene, o que pode diminuir as possibilidades de ocorrer uma infecção. 

Se o seu filho tiver sintomas de adenoidite ou problemas na sua garganta, procure o conselho do seu pediatra.



Nenhum comentário:
ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL